A-A+

Ataque eficaz sustenta boa campanha do Sport

Nós oito jogos que fez até agora na Série B, o Sport marcou 12 gols, sendo o segundo melhor ataque, ao lado da Ponte Preta

Guilherme marcou o gol da vitória rubro-negra sobre o CRB na Ilha do RetiroGuilherme marcou o gol da vitória rubro-negra sobre o CRB na Ilha do Retiro - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Na boa campanha que vem fazendo na Série B 2019, o Sport vem invertendo a lógica do futebol. Se na cartilha do mundo da bola uma das principais regras é que um grande time começa por uma grande defesa, na Ilha do Retiro as coisas não são bem assim e o êxito de boa parte dos bons números do Sport nesta Segundona, e até mesmo no ano, se devem ao ataque. Nós oito jogos que fez até agora na Série B, o Sport marcou 12 gols, sendo o segundo melhor ataque, ao lado da Ponte Preta. O time só não balançou as redes num único jogo, no 0x0 contra o Figueirense.

Ainda melhor do que os bons números, a evolução ofensiva do Sport vai além: a ampliação do leque de jogadores decisivos. Se antes, até mesmo no Pernambucano, a maioria das jogadas e gols de concentravam na dupla Ezequiel/Brocador, nos últimos jogos Guilherme vem roubando a cena de vez. Sofrendo com algumas lesões, ele fez um Estadual com altos e baixos. Na Segundona, o jogador vem tendo uma boa sequência e já marcou quatro gols, um a menos que o artilheiro leonino na disputa, Hernane Brocador. "A minha evolução passa pelo time inteiro. Conseguimos bons resultados nos últimos jogos e isso é o mais importante. Essa coisa de artilharia eu vou beliscando, mas deixo com o Brocador", brincou Guilherme.

Leia também:
Sport sem medo do recesso da Copa América
Sport entra em recesso por nove dias e levanta debate
Sport faz o dever de casa e vai para o recesso na cola do G4
Com expectativa, Brocador indica renovação com o Sport

Veja também

Breno diz que vai cobrar elenco em 2022: “por amor ou terror, precisamos mudar”
Futebol

Breno diz que vai cobrar elenco em 2022: “por amor ou terror, precisamos mudar”

'Não escuto essas pessoas', diz Hamilton ao rebater consultor da Red Bull
Fórmula 1

'Não escuto essas pessoas', diz Hamilton ao rebater consultor da Red Bull