A-A+

Atletas brilham em noite de gala do esporte pernambucano

Prêmio Pódio Pernambuco, realizado pela Secretaria de Educação e Esportes do Estado, aconteceu nesta segunda (16)

Cristiano Rocha, Sandro Varelo e Filipe SilvaCristiano Rocha, Sandro Varelo e Filipe Silva - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Após uma temporada de suor, lágrimas, sorrisos e muito trabalho, a noite desta segunda-feira (16) foi o momento de os profissionais do desporto local trocarem os uniformes pela roupa de gala para a edição 2019 do Prêmio Pódio Pernambuco.

Com o tema “cinema”, a cerimônia não poderia ter um palco mais clássico, o Cinema São Luiz, no centro do Recife. Durante cerca de duas horas, os presentes mergulharam em um universo que foi de Charles Chaplin a Vingadores, passando por produções como Star Wars, Freddy Krueger e It: a coisa. Mas quem brilhou mesmo foram outros personagens.

Quarenta e seis atletas, 21 paratletas e 53 treinadores foram indicados pelas suas federações e associações como destaques em suas modalidades. A partir desses nomes, uma equipe da Executiva de Esportes elegeu três destaques de cada categoria para votação final de profissionais da Imprensa. A melhor atleta, concorreram Filipe Silva (beach soccer), Priscila Oliveira (pentatlo moderno) e Rebeka Venceslau (judô). A melhor paratleta, Lucas Carvalho (tênis de mesa), Sandro Varelo e Leylane de Castro (paratletismo). Os técnicos finalistas foram Ismael Marques (paratletismo), Cristiano Rocha (handebol) e Marcílio Félix (judô).

O trio campeão foi Filipe Silva, Sandro Varelo e Cristiano Rocha. Indicado pela segunda vez consecutiva, Filipe conquistou o prêmio pela primeira vez. “Esse prêmio significa reconhecimento e responsabilidade para seguir trabalhando sério e com dedicação para manter Pernambuco em evidência”, disse ele, que na hora de receber o troféu convidou o veterano Fernando DDI, precursor do Estado na seleção brasileira de beach soccer e seu mentor para dividir o palco.

Já Sandro chamou Lucas e Leylane para participarem do momento da premiação. “Essa conquista é de todos nós. Estávamos em Lima (no Parapan), enfrentando o frio, para dar o nosso melhor. Estou muito feliz em fechar o ano dessa forma e mostrar que tudo é possível quando corremos atrás”, discursou. Enquanto os meninos comemoraram a primeira conquista, Cristiano Rocha chegou ao sexto prêmio, o terceiro seguido. “É um orgulho poder representar os técnicos do nosso Estado. Esse evento é importante, sobretudo, por promover reencontros e uma grande confraternização”, disse.

Destaques 
A noite reservou ainda os prêmios de “Atleta Revelação” a Pâmela Nievilly, do atletismo, e Beatriz Bezerra, da natação, destaques nos Jogos Escolares. Elas receberam os prêmios das mãos dos paratletas Jenifer Martins e Phelipe Rodrigues, que foi também homenageado pela campanha no Parapan, quando conquistou sete ouros e uma prata, sendo o maior destaque do Brasil. Foram celebrados ainda parceiros e patrocinadores do desporto e, representando os profissionais da Imprensa, o jornalista e radialista Roberto Nascimento foi homenageado.

"O Pódio Pernambuco é uma festa extraordinária, uma oportunidade de reconhecer o trabalho desses profissionais. Esse ano é ainda mais especial por todas as dificuldades enfrentadas e por, ainda assim, termos conseguido bons resultados", destacou o secretário de Educação e Esportes, Fred Amancio. "Em um momento de dificuldade, você tem duas opções: aceitar e deixar ou buscar soluções. Nós fomos em busca de soluções e tivemos uma temporada muito especial, com campanhas marcantes no Paran e nos Jogos Escolares da Juventude, por exemplo", corroborou o executivo de Esportes, Diego Pérez.  

 

Veja também

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra
Futebol

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves
Futebol

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves