Tênis

ATP não dará pontos em Wimbledon se russos e bielorrussos forem excluídos

Grand Slam pretende excluir nações envolvidas na invasão da Ucrânia

Wimbledon pode perder pontos ATP se excluir tenistas russos e bielorrussosWimbledon pode perder pontos ATP se excluir tenistas russos e bielorrussos - Foto: Divulgação/Wimbledon

A ATP, que gerencia o circuito profissional masculino de tênis, anunciou nesta sexta-feira (20) que não distribuirá pontos no próximo torneio de Wimbledon se os jogadores russos e bielorrussos continuarem excluídos devido à invasão da Ucrânia.

"Se nada mudar, lamentaremos muito, mas não vemos outra possibilidade a não ser retirar os pontos ATP em Wimbledon para a edição 2022", informou a organização em comunicado.

O Grand Slam sobre grama anunciou no dia 20 de abril sua intenção de excluir os jogadores russos e bielorrussos da edição de 2022, já que "nas circunstâncias de uma agressão militar injustificada e sem precedentes, seria inaceitável o regime russo obter algum benefício da participação de jogadores russos e bielorrusso".

A organização de Wimbledon (de 27 junho a 10 de julho) destacou que a decisão, que foi criticada no mundo do tênis, pode ser revista "se as circunstâncias mudarem radicalmente até junho".

Veja também

Câmara aprova texto-base de projeto que afeta atletas, clubes e torcedores
Lei Geral do Esporte

Câmara aprova texto-base de projeto que afeta atletas, clubes e torcedores

Sport divulga parcial com mais de 12 mil ingressos vendidos para jogo contra o Londrina na Ilha
Sport

Sport divulga parcial com mais de 12 mil ingressos vendidos para jogo contra o Londrina na Ilha