Futebol Internacional

Auckland City desiste do Mundial de Clubes da FIFA

Clube neozelandês obedeceu recomendação de autoridades locais sobre isolamento e quarentena

Campeão da Oceania, Auckland City optou por seguir regras de isolamento do governo neozelandêsCampeão da Oceania, Auckland City optou por seguir regras de isolamento do governo neozelandês - Foto: Divulgação/OFC

O Auckland City FC, clube da Nova Zelândia, anunciou na manhã desta sexta-feira (15) a desistência do Mundial de Clubes da FIFA 2020, que será realizado em fevereiro, no Catar. O representante da Oceania optou pela desistência em acordo com as autoridades neozelandesas, para seguir em isolamento. 

Segundo nota publicada pela FIFA, um diálogo foi iniciado entre a entidade e os clubes, mas mesmo com as condições colocadas pela entidade em relação à segurança dos participantes, o clube optou pela desistência para obedecer as recomendações do governo neozelandês sobre isolamento e quarentena. 

Ainda na nota, a FIFA diz que, junto ao governo do Catar, "implantará protocolo médico e de segurança, para garantir a saúde de todos envolvidos na competição". 

O Auckland City é o atual eneacampeão da Liga dos Campeões da Oceania, e representa o continente do Mundial de Clubes da FIFA desde 2011, onde entra na primeira fase, disputando uma rodada preliminar contra o clube representante do país-sede. O melhor resultado dos neozelandeses foi o terceiro lugar em 2014, no Marrocos, quando venceu nos pênaltis o Cruz Azul, do México. 

O Mundial de Clubes da FIFA 2020 estava marcado para início no dia 1 de fevereiro, com a partida entre Auckland City e Al-Duhail. No entanto com a desistência do campeão da Oceania, a competição iniciará da fase seguinte, que tem data marcada para 4 de fevereiro. Um sorteio está marcado para a próxima terça-feira (19), em Zurique, na Suíça, para definir os confrontos do Mundial.

Estão clasificados para o Mundial de Clubes da FIFA 2020: Bayern de Munique (campeão da Liga dos Campeões da Europa 2019/20), Al Ahly (campeão da Liga dos Campeões da África 2020), Ulsan Hyundai (campeão da Liga dos Campeões da Ásia 2020), Tigres (campeão da Liga dos Campeões da América Central e do Norte 2020), Al Duhail (campeão Qatari 2019/20). O último a ser classificado é o campeão da Copa Libertadores 2020, que tem final marcada para 30 de janeiro, no duelo brasileiro entre Santos e Palmeiras, no Maracanã.

Veja também

Ricardo Severo avalia atuação em jogo contra o CRB: 'Aprendizado gigantesco'
Sport

Ricardo Severo avalia atuação em jogo contra o CRB: 'Aprendizado gigantesco'

São Paulo avança em conversas e encaminha volta do zagueiro Miranda
Futebol

São Paulo avança em conversas e encaminha volta do zagueiro Miranda