Novak Djokovic

Austrália cancela visto de Djokovic pela segunda vez

De acordo com o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, esta decisão foi tomada para proteger o resultado dos sacrifícios feitos pelos cidadãos de seu país contra o coronavírus

Novak DjokovicNovak Djokovic - Foto: Vincenzo Pinto/AFP

O governo australiano cancelou, nesta sexta-feira (14), pela segunda vez, o visto de Novak Djokovic em sua batalha para deportar a estrela do tênis por não estar vacinado contra a Covid-19

Em um comunicado, o ministro da Imigração, Alex Hawke, disse ter tomado esta decisão por motivos de "saúde e ordem pública". Este cancelamento implica que Djokovic pode ter sua entrada proibida no país por três anos, exceto sob certas circunstâncias.

De acordo com o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, esta decisão foi tomada para proteger o resultado dos sacrifícios feitos pelos cidadãos de seu país contra o coronavírus.

"Os australianos fizeram muitos sacrifícios durante esta pandemia e esperam, como é lógico, que o resultado desses sacrifícios seja protegido", afirmou Morrison em um comunicado divulgado nesta sexta.

Veja também

Impedimento semiautomático estreia hoje na Supercopa da Europa; veja como funciona
Futebol

Impedimento semiautomático estreia hoje na Supercopa da Europa; veja como funciona

Palmeiras e Atlético duelam por vaga na semifinal da Libertadores
Futebol

Palmeiras e Atlético duelam por vaga na semifinal da Libertadores