Brasileirão

Bahia aplica 'lei do ex' em dose dupla e atropela o Vasco em Salvador

Com gols de Clayson e dos ex-vascaínos Rossi e Gilberto, o time baiano goleou os cariocas por 3 a 0, e jogou a crise para São Januário

Rossi, atacante do BahiaRossi, atacante do Bahia - Foto: Divulgação

A chamada "lei do ex" foi implacável mais uma vez neste Campeonato Brasileiro. Desta vez em dose dupla. Com gols dos ex-vascaínos Rossi e Gilberto - o outro foi de Clayson - o Bahia atropelou o Vasco por 3 a 0, nesta quarta (7), no estádio de Pituaçu (BA), e espantou a crise, jogando-a toda para São Januário.

O time do técnico Ramon Menezes já está há seis jogos sem vencer, sendo quatro pela competição nacional, e o treinador já começa a ser fortemente contestado pela torcida. Jogadores como Yago Pikachu, Fellipe Bastos e Henrique também não foram perdoados nas redes sociais por conta de suas falhas.

No próximo fim de semana, o Bahia visita o Fluminense, no domingo, no Maracanã (RJ), e o Vasco recebe ninguém menos do que o rival Flamengo, no sábado, em São Januário (RJ).



Trio tem noite para esquecer
Três dos nomes mais contestados pela torcida do Vasco fizeram jus às críticas nesta noite em Salvador (BA). Yago Pikachu e Henrique empilharam erros defensivos e fatais em gols do Bahia. Já Fellipe Bastos, mais uma vez, não marcou e nem criou jogadas, acompanhando apenas de perto os lances e observando.

Rossi e Clayson infernais
Abertos pelas pontas, Rossi e Clayson infernizaram a zaga do Vasco com muita velocidade e habilidade, deixando os laterais Pikachu e Henrique zonzos.

Rossi abre o placar cedo
Logo aos nove minutos do primeiro tempo, Clayson efetuou um cruzamento nas costas de Pikachu que encontrou Rossi. O ex-vascaíno se antecipou a Henrique, Fernando Miguel saiu atrasado e ele escorou para o fundo da rede. Em respeito ao ex-clube, o atacante não quis comemorar.

Gilberto amplia
Encontrando uma defesa do Vasco em noite desastrosa, o Bahia não teve dificuldades para ampliar quando Ernando invadiu a área passando como quis por Henrique e Bruno Gomes e cruzou para trás, onde encontrou Gilberto, outro ex-vascaíno, que pegou de primeira e estufou a rede. 2 a 0 Bahia!

E tinha mais
O show de horrores da defesa do Vasco não dava pausa. De forma quase inacreditável para um time profissional, o Bahia lançou uma bola para a área e somente Yago Pikachu se encontrava. Para completar a lambança, o lateral direito cortou mal, no pé de Clayson, que não perdoou e fez o 3 a 0.

Bruno Gomes expulso
Para completar a noite trágica do Vasco, o volante Bruno Gomes recebeu o segundo cartão amarelo na metade da etapa final e foi expulso.

Fernando Miguel completa 100 jogos
O goleiro Fernando Miguel completou 100 jogos hoje. Ele atuou com uma camisa alusiva à marca.

Protesto do lado de fora
A torcida do Bahia promoveu um protesto na chegada da equipe ao estádio de Pituaçu (BA). Cerca de 200 pessoas cantavam: "Não é mole, não. Tem que ser homem para jogar no Esquadrão".

Benítez e Andrey presentes
Mesmo suspensos, os meias Benítez e Andrey estiveram presentes no estádio de Pituaçu (BA). Isso porque a delegação vascaína foi direto de Belo Horizonte (MG), onde no último domingo foi goleada por 4 a 1 pelo Atlético-MG, para Salvador (BA).

Bahia
Douglas; Ernando, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba, Elias, Gregore (Ramon) e Daniel (Ronaldo); Rossi (Élber), Clayson (Fessin) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Mano Menezes

Vasco
Fernando Miguel; Yago Pikacu, Ricardo Graça (Miranda), Leandro Castan e Henrique; Bruno Gomes, Fellipe Bastos e Marcos Junior (Carlinhos); Vinicius (Cayo Tenório), Talles Magno (Gabriel Pec) e German Cano (Ygor Catatau). Técnico: Ramon Menezes

Local: Pituaçu, em Salvador (BA)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Auxiliares: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Andre da Silva Bitencourt (RS)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelos: Gregore, Rossi, Ramon (BAH); Bruno Gomes, Gabriel Pec (VAS)
Cartões vermelhos: Bruno Gomes, do Vasco, aos 22 minutos do segundo tempo
Gols: Rossi, do Bahia, aos 9 minutos do primeiro tempo; Gilberto, do Bahia, aos 31 minutos do primeiro tempo; Clayson, do Bahia, aos 45 minutos do primeiro tempo

Veja também

"Agora é com a direção", diz Hélio sobre permanência no Náutico
Futebol

"Agora é com a direção", diz Hélio sobre permanência no Náutico

Buccaneers bate o Packers e Tom Brady carimba passaporte para seu décimo Super Bowl
NFL

Buccaneers bate o Packers e Tom Brady carimba passaporte para seu décimo Super Bowl