Bahia vence clássico com o Vitória e se afasta da Z4

Dentro de casa, Tricolor sofreu o empate aos 38 do segundo tempo, mas garantiu o resultado nos minutos finais

Clássico baiano teve vitória do time tricolorClássico baiano teve vitória do time tricolor - Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia

O Bahia conseguiu aquele o resultado que o torcedor gosta em clássico. Venceu o Ba-Vi dentro de casa com gol faltando dois minutos para acabar o tempo regulamentar. O time viu o Vitória empatar aos 38 minutos, mas fez 2x1 perto do apito final.

Edigar Junio decidiu o jogo na Fonte Nova. Outro nome lembrado é Wallace, zagueiro dos visitantes que falhou no primeiro gol do adversário e empatou a partida. O Bahia chegou aos 38 pontos e tem fôlego em relação ao rebaixamento. Hoje, a equipe está na zona de classificação para a Sul-americana.

O placar foi desastroso para o Vitória, que se mantém com 33 pontos e precisa de uma combinação de resultados para não acabar a rodada entre os quatro clubes que jogarão a Série B do ano que vem.

O Bahia comandou a partida durante os primeiros 30 minutos. A posse de bola era dos donos da casa e a maior parte do tempo o jogo se desenrolava no campo do Vitória. Mas os jogadores trocavam passes sem ameaçar o goleiro adversário, que não trabalhou.

A falta de produtividade do Bahia se devia ao excesso de toques de lado e erros nas tentativas de passes mais incisivos. Enquanto isso, o Vitória jogava como um autêntico visitante. O time tem na transição rápida uma de suas forças e estava fechado atrás esperando uma oportunidade de contra-ataque. Durante meia-hora ela não apareceu e a equipe se limitou a defender.

Leia também:
São Paulo bate Flamengo e se distancia do rebaixamento
Após semana polêmica, Santos vence o Atlético/GO
Palmeiras atropela o Grêmio e se aproxima do líder
Leão chega perto do empate, mas sofre derrota no fim

Apesar disso, foi do Vitória a primeira chance do jogo. David pegou a bola na intermediária com o campo inteiro para avançar. Ocorre que ele abriu demais ao entrar na grande área, diminuindo o ângulo. Finalizou forte, mas para fora.

Depois da primeira etapa morna, o Bahia abriu o placar um minuto depois do apito. A bola foi jogada na área, Wallace se antecipou para cortar só que ela atravessou a área e se ofereceu a Mendoza, que precisou apenas tirar do goleiro Caique e abrir o placar.

Com a desvantagem, o Vitória abandonou a postura defensiva e arriscou um pouco mais. O rubro-negro conseguiu o empate aos 37, com Wallace, que aproveitou falha da defesa do Bahia em cobrança de escanteio. Mas a igualdade não durou muito. Também em cobrança de escanteio, Edson desviou e Edigar Junio, sozinho deu números finais ao placar do clássico.

Veja também

Santa visita Itabaiana/SE pela pré-Copa do Nordeste
Futebol

Santa visita Itabaiana/SE pela pré-Copa do Nordeste

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada
Handebol

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada