Futebol Internacional

Barça anuncia oficialmente o retorno de Daniel Alves após cinco anos: 'Good Crazy'

Mirando a Copa do Mundo, lateral-direito fechou com clube catalão até o final da atual temporada

Daniel Alves volta ao Barça depois de cinco anosDaniel Alves volta ao Barça depois de cinco anos - Foto: Lluis Gene/AFP

Daniel Alves está de volta ao Barcelona. Considerado o maior lateral-direito da história do clube e mirando a Copa do Mundo de 2022, o atleta assinou com os catalães e contou com a aprovação do técnico Xavi. A volta ao Camp Nou, onde jogou de 2008 a 2016 e conquistou 23 títulos, foi comemorada pelos torcedores nas redes sociais.

"Barcelona e Daniel Alves chegaram a um arcordo até o fim da atual temporada. O brasileiro chega para treinar com o clube na próxima semana, mas não estará apto a atuar até janeiro", diz comunicado oficial do clube, que promete mais detalhes em sua apresentação. A limitação tem a ver com regras de registros relativas à La Liga, uma vez que o lateral atuou pelo São Paulo em algumas partidas em setembro.

Antes de fazer o anúncio oficial, o clube divulgou um "teaser" sobre a chegada. O apelido do lateral, "Good Crazy" foi tuitado, poucos minutos antes de uma montagem que reúne a imagem de Dani em sua primeira passagem com outra do lateral vestindo o atual uniforme do clube. "De volta à casa!", escreveu o Barça.

Desde que rescindiu com o São Paulo, em setembro, Daniel estava sem contrato; neste meio tempo, chegou perto de fechar com o Fluminense. Na reunião desta semana, o Barcelona conversou com o estafe do atleta para acertar  sobre a duração do contrato e valores de salário e luva.

O retorno já vinha sendo ventilado desde que Ronald Koeman comandava a equipe blaugrana, mas esquentou na última segunda-feira, quando o clube oficializou a contratação de um novo técnico: Xavi, um dos principais jogadores da história do Barça. Ele aprovou a contratação do ex-companheiro e foi figura decisiva na negociação.

Xavi e Dani foram companheiros de clube na era de ouro do Barcelona na primeira metade da década passada. Juntos, conquistaram três vezes a Champions League.

No mês passado, ao abordar o assunto em uma entrevista ao jornal espanhol “Sport”, o lateral não escondeu o desejo em relação à possibilidade de retorna ao Barcelona.

"Saí dizendo que quando o Barça precisasse e me quisesse de volta, estaria à disposição onde estivesse. É muito grande o carinho, o amor e o respeito que tenho por esta casa. Se o Barça pensa que precisa de mim, basta me chamar", disse o jogador, que também deixou elogios ao presidente Joan Laporta, que o levou para o time.

"Me alegro muito de que ele esteja à frente outra vez. Deixaram um problema para ele, mas acredito que se há alguém capacitado para solucionar, é Joan."

Veja também

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota
Tênis

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira
Náutico

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira

Newsletter