A-A+

Barcelona passa com tranquilidade pelo Manchester United

Jogando no Camp Nou, o Barcelona fez logo 2x0, com dois gols de Messi, e encaminhou a classificação sem sustos

Messi e Coutinho em ação pelo BarçaMessi e Coutinho em ação pelo Barça - Foto: Pau Barrena/AFP

Lionel Messi não marcava há 12 jogos em quartas de final da Liga dos Campeões, mas deu fim ao jejum da melhor maneira. O argentino marcou duas vezes (um golaço e uma falha de De Gea) e comandou o Barcelona na vitória por 3x0 contra o Manchester United, nesta terça (16), no Camp Nou, no duelo de volta das quartas da Champions. Coutinho também foi às redes com um belo gol e desabafou na comemoração.

Leia também:
Barcelona vence United e fica mais próximo da semifinal
Coutinho decepciona no Barcelona e já agita mercado
Neymar comenta foto de Messi e Suárez, e torcida pede volta ao Barcelona
Manchester United efetiva Solskjaer como treinador


O time catalão já havia vencido a ida, fora de casa, por 1x0.

O Barça não passava das quartas desde a temporada 2014-15, justamente quando foi campeão pela última vez.

O próximo adversário sairá do confronto entre Liverpool e Porto, que se enfrentam na quarta-feira. Os ingleses venceram a ida, em casa, por 2x0.

Messi foi o maestro do jogo e fez os marcadores do United sofrerem. Ele deu caneta em Fred no início da jogada do primeiro gol e depois ainda colocou Jones para dançar na etapa inicial. No segundo tempo, foi a vez de McTominay entrar no baile.

Além dos dois gols, o argentino ainda tentou de bicicleta - a bola saiu - para completar o show no Camp Nou.

É verdade que o goleiro espanhol não teve chances no primeiro gol de Messi, mas falhou feio no segundo. De Gea não segurou fraco chuto de perna direita, caiu para fazer a defesa, mas viu a bola passar por baixo dos seus braços. Ele ainda fez uma defesa com o rosto em cima da linha no final do 1º tempo, um "milagre sem querer", mas a falha mais cedo custou caro.

Coutinho também marcou seu golaço. Aos 15 minutos do segundo tempo, o brasileiro recebeu de frente para o gol e mandou uma bomba no ângulo. O camisa 7, que chegou a ser vaiado em outro jogo, comemorou colocando os dedos no ouvido e desabafou com um xingamento em direção à torcida. O meia da seleção brasileira foi substituído por Dembélé aos 35 minutos e saiu de campo aplaudido de pé pelos torcedores, mas não retribuiu os aplausos.

Veja também

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra
Futebol

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves
Futebol

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves