Futebol

Barcelona vence dérbi com duas expulsões e VAR

Único gol da partida foi marcado por Suárez. Time catalão agora torce por um tropeço do Real para seguir colado na tabela

Jogadores comemoram gol de SuárezJogadores comemoram gol de Suárez - Foto: LLUIS GENE/AFP

Em jogo quente que contou com dois expulsos após orientações do VAR, o Barcelona venceu o Espanyol por 1 a 0 graças ao gol de Luís Suárez, que se transformou no terceiro maior artilheiro da equipe catalã.

Com a vitória no dérbi, o Barcelona chega aos 76 pontos no Campeonato Espanhol e tem um de desvantagem para o líder Real Madrid. No entanto, o time merengue completará a 35ª rodada na sexta-feira (10), contra o Alavés, e pode voltar a colocar quatro pontos de frente. O Espanyol, por sua vez, está rebaixado para a segunda divisão espanhola.

A equipe catalã começou bem o jogo e logo nos primeiros minutos colocou pressão no adversário com Messi, Suarez e até o zagueiro Piqué. Ao mesmo tempo, ainda com a posse de bola favorável ao time da casa, o Espanyol seguia perigoso com algumas falhas da defesa.

Messi quase acertou o ângulo esquerdo de Diego López aos 22 minutos após cobrança de falta. Do lado oposto, o Espanyol conseguiu bons ataques no final do primeiro tempo, inclusive uma bola na trave aos 43 minutos com Vilà.

Porém, mesmo com Barcelona acumulando 74% de posse de bola contra 26% do Espanyol na etapa inicial, o zero não saiu do placar.

O atacante Fati entrou para o segundo tempo, e sua participação no jogo ficou restrita a um pé alto em disputa com Calero com quatro minutos da etapa final- que lhe rendeu o cartão amarelo. Após revisão do VAR, ele foi expulso.

Dois minutos depois foi a vez do Espanyol perder um jogador. Lozano foi expulso em nova consulta do árbitro ao VAR após solar Piqué. Empatados no número de jogadores, as equipes viram o primeiro gol do jogo sair aos 10 minutos do segundo tempo, com Suárez.

Alba serviu Griezmann na linha de fundo e o francês acionou Messi, que chutou em cima da zaga. A bola sobrou na entrada da pequena área para Suárez apenas empurrar para o fundo da rede.

Com o gol, o atacante uruguaio se tornou o terceiro maior artilheiro da história do Barcelona, com 195 gols, atrás apenas de Lionel Messi (630) e César Rodríguez (232).

Após o gol, o Barcelona reuniu forças para pressionar o adversário, principalmente com Messi, que obrigou López a trabalhar bastante. Ao mesmo tempo, os minutos finais repetiram o que aconteceu no primeiro tempo.

Dos 40 minutos do segundo até o apito final, o Espanyol chegou várias vezes no gol do Barcelona, inclusive com um susto aos 49 minutos, em que Espinosa mandou a bola por cima do gol de Ter Stegen.

Veja também

Dal Pozzo elogia espírito da equipe e projeta evolução
Futebol

Dal Pozzo elogia espírito da equipe e projeta evolução

Náutico fica no 0x0 com o Operário/PR
Futebol

Náutico fica no 0x0 com o Operário/PR