Barcos partem do Marco Zero do Recife rumo a Fernando de Noronha na 31ª Refeno

A expectativa é de que o Fita Azul cruze a linha de chegada no Mirante do Boldró no início da tarde de domingo (13) e que até a terça-feira (15) todos os veleiros já estejam no arquipélago

Partida da Refeno 2019Partida da Refeno 2019 - Foto: Tsuey Lan Bizzocchi/Divulgação

No início da tarde deste sábado (12), 92 barcos com mais 700 tripulantes partiram do Marco Zero do Recife, para dar início à 31ª Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha. A expectativa é de que o Fita Azul cruze a linha de chegada no Mirante do Boldró no início da tarde de domingo (13) e que até a terça-feira (15) todos os veleiros já estejam no arquipélago para dar continuidade à programação da Refeno.

A partida foi realizada com as embarcações divididas em quatro grupos e todas saíram sem problemas. A primeira partida foi o Grupo Verde com os barcos das classes Aço e Turismo, ao meio-dia. Na sequência, às 12h30, o Grupo Vermelho com embarcações de RGS e VPRS iniciou a regata debaixo de uma chuva fraca, mas com muito vento, o que tornou a disputa pelas primeiras posições ainda mais acirrada!

Leia também
Com recorde, Refeno dá largada para a 31ª edição
Refeno: Atrevida carrega história e imponência
Um tripulante nada CÃOvencional na Refeno 2019
Hospital de Noronha recebe ações sociais durante Refeno


O terceiro grupo foi composto por veleiros das classes Aberta e Bico de Proa, que partiram pontualmente às 13h. Por fim, às 13h30, o Grupo Amarelo com os Multicascos deixou o Recife com destino à Fernando de Noronha. O Patoruzú, atual Fita Azul da Refeno, largou bem e logo no início da regata já estava na frente.

Da Praça do Marco Zero, o público, que compareceu em grande número, acompanhou tudo e mandou as boas vibrações aos velejadores. Após a partida, a festa continuou no Camarote Oficial da 31ª Refeno, no Cais do Sertão até o final da tarde.

“Foi uma grande festa a partida da 31ª edição da Regata Recife-Fernando de Noronha. O público compareceu em peso ao Marco Zero para acompanhar as embarcações e, no mar, o espetáculo ficou por conta dos veleiros. Esperamos que todos tenham uma regata tranquila até a Ilha”, afirmou o Comodoro do Cabanga Delmiro Gouveia.

A travessia até Noronha pode ser acompanhada em tempo real pelo site www.refeno.com.br. Até às 16h45, o barco Atrevida, da classe RGS, estava na frente.

AÇÃO SOCIAL
Nesta 31ª edição, a Refeno promoverá mais uma vez ações sociais. Ao final da regata, os velejadores inscritos na Refeno realizarão atendimentos voluntários no Hospital São Lucas nos dias 15 e 16 de outubro, das 9h às 12h, para especialidades de plástica reparadora, dermatologia, urologia e ortopedia. Além disso, também haverá uma oficina de boas práticas e de processamento de material médico-cirúrgico para funcionários da unidade hospitalar.

O Cabanga Iate Clube ainda entregará doações para a Creche Bem-me-quer e a Escola Estadual Fernando de Noronha.

PATROCÍNIOS E APOIOS
A Refeno 2019 conta com o Patrocínio da Heineken e da Empetur. A edição ainda tem o apoio do Arquipélago de Fernando de Noronha, ICMBio, Porto do Recife, Capitania dos Portos de Pernambuco, 3º Distrito Naval, Prefeitura do Recife, Agemar, Armazéns do Porto, Becker e Spot.

Veja também

Mercedes domina segundo treino livre na Rússia, com Bottas líder
F-1

Mercedes domina segundo treino livre na Rússia, com Bottas líder

Justiça bloqueia contas bancárias e penhora automóveis do Corinthians
Futebol

Justiça bloqueia contas bancárias e penhora automóveis do Corinthians