Futebol

Basta um empate: Náutico visita Cruzeiro podendo acabar com risco de queda à Série C

Timbu só precisa de um ponto para não correr risco de rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro

Hélio dos AnjosHélio dos Anjos - Foto: Caio Falcão/CNC/Divulgação

Um ponto. É apenas isso que o Náutico precisa para se livrar do risco de rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro. O Timbu está atualmente na 15ª posição, com 42 pontos. Se conseguir um empate diante do Cruzeiro, neste domingo, no Independência, pela Série B, a manutenção na divisão estará assegurada, com 43 pontos. Isso porque o 17º e primeiro integrante do Z4, Figueirense, está com 39 e só pode chegar aos 42 - o clube já jogou nesta penúltima rodada, perdendo para o Juventude, por 2x1.

Um dos obstáculos para tirar o medo da degola é o desempenho do clube como visitante sob o comando do técnico Hélio dos Anjos. Em seis partidas, o time perdeu quatro e empatou duas - não levando em consideração o tropeço por 2x0 para o Confiança, quando o Timbu foi treinado pelo auxiliar Marcelo Rocha.

“Não jogamos fora pensando no fato de não termos ganho ainda comigo (como visitante). O Cruzeiro é grande, um time que fatalmente no ano que vem terá um comportamento diferente em termos de pontuação. Não temos o direito de relaxar. Quero meu time ligado. Isso vai fazer termos um resultado positivo”, apontou Hélio.

Vale citar que, na história, o Náutico nunca venceu o Cruzeiro atuando em Minas Gerais. Ao todo, são 13 vitórias dos mineiros e dois empates. O último confronto na casa da Raposa foi na Série A 2013, com 3x0 para os mandantes. No primeiro turno da Segundona, nos Aflitos, os clubes empataram em 1x1.

Recuperado da Covid-19, o lateral-esquerdo Kevyn volta ao time. Com isso, fica a dúvida se o técnico Hélio dos Anjos vai sacar Bryan, improvisado no setor na rodada anterior, ou se vai deslocar o jogador para a ponta, tirando assim Erick. O prata da casa, porém, vive bom momento e tem mais chances de começar jogando. De acordo com o site "Infobola", o Náutico tem 13% de chances de rebaixamento.

Cruzeiro

Aliviado por evitar o rebaixamento à Série C, mas frustrado por não conseguir o acesso à Série A. É com esse fim de temporada “morno” que o Cruzeiro recebe o Náutico. A cabeça dos mineiros, porém, já está na temporada seguinte. O técnico Felipão ainda não tem permanência confirmada para a Segundona de 2021. Quanto ao duelo desta tarde, a Raposa não terá o volante Filipe Machado, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Jadson deve ser o substituto.

Ficha técnica

Cruzeiro

Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Jádson e Giovanni; Airton, Willian Potker e Rafael Sóbis. Técnico: Felipão

Náutico

Anderson; Hereda, Camutanga, Ronaldo Alves e Kevyn; Rhaldney, Jhonnatan e Jean Carlos; Erick, Vinícius e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Independência (Belo Horizonte/MG)
Horário: 16h
Árbitro:Flavio Rodrigues de Souza (SP). Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Herman Brumel Vani (ambos de SP)
Transmissão: Premiere FC

Veja também

Ministério Público vai recomendar suspensão do futebol no Brasil
Futebol

Ministério Público vai recomendar suspensão do futebol no Brasil

De volta ao Náutico, Luiz Henrique lamenta poucas oportunidades em Portugal
Futebol

De volta ao Náutico, Luiz Henrique lamenta poucas oportunidades em Portugal