Esportes

Batom usado por Marta gera discussão

Empresário afirmou ao UOL Esporte que atleta só falou sobre a Avon após ter sido perguntada em entrevista

Marta comemora com companheiras gol do BrasilMarta comemora com companheiras gol do Brasil - Foto: Philippe Huguen/AFP

O batom usado por Marta na vitória da seleção brasileira por 1x0, diante da Itália, na Copa do Mundo de futebol feminino, na França, levantou uma discussão na Fifa. A entidade máxima do futebol mundial tem seis patrocinadores oficiais e não permite que outras empresas façam propagandas em seus eventos esportivos. A alegação é de que a camisa 10 do Brasil teria infringido a regra ao usar o produto e associá-lo à empresa responsável.

A Fifa proíbe o chamado “marketing de emboscada”, quando uma empresa tenta ligar seu nome ao torneio, dando a entender que é uma das parcerias do evento, aproveitando a audiência da transmissão para estampar determinado produto. Muitas vezes, utilizando um atleta para fazer uma propaganda indireta, tentando usar o momento como uma “falsa espontaneidade”.

Em entrevista ao UOL Esporte, o empresário de Marta, Fabiano Farah, afirmou que a jogadora só comentou sobre o batom, produzido pela empresa Avon, após ter sido questionada por um jornalista.

"Em nenhum momento Marta arquitetou ou provocou qualquer ação para com o endosso direto de uma determinada marca ou produto. O uso do batom é um direito de âmbito pessoal de uma atleta fazer uso ou não. Exemplo: esmalte de unha, prendedor de cabelo, maquiagem em geral, etc. A Marta estava no pleno e fiel exercício de sua atividade profissional e, de forma espontânea e aleatória, solicitaram uma entrevista com ela e fizeram uma pergunta diretamente relacionada ao uso do produto", declarou Farah.

Caso a Fifa identifique irregularidade no caso, Marta não será notificada, mas sim a Avon. Em 2014, na Copa do Mundo masculina, a Blue Man foi procurada pela entidade após o atacante Neymar exibir a marca em uma sunga. A empresa publicou fotos do jogador com o produto nas redes sociais, mas depois apagou.

Após a repercussão da imagem de Marta com o batom, a Avon publicou uma mensagem em sua rede social. “Nossas garotas deram show e o batom Power Stay também marcou um golaço! Fiquem de olho que em julho ele vem aí!”, postou. A empresa, porém, não citou o nome de Marta, tampouco estampou foto da atleta.

Leia também:
Não vamos fazer nenhuma loucura, diz Vadão sobre escalar Marta
Brasil vence Itália e avança em terceiro às oitavas da Copa

Veja também

Com missão delicada, Sport recebe o Atlético-MG, na Arena de Pernambuco, pela Copa do Brasil
Copa do Brasil

Com missão delicada, Sport recebe o Atlético-MG, na Arena de Pernambuco, pela Copa do Brasil

"Não podemos mais oscilar", Paulo Sérgio prega virada de chave no Náutico na partida contra o Remo
Náutico

"Não podemos mais oscilar", Paulo Sérgio prega virada de chave no Náutico na partida contra o Remo

Newsletter