Batom usado por Marta gera discussão

Empresário afirmou ao UOL Esporte que atleta só falou sobre a Avon após ter sido perguntada em entrevista

Marta comemora com companheiras gol do BrasilMarta comemora com companheiras gol do Brasil - Foto: Philippe Huguen/AFP

O batom usado por Marta na vitória da seleção brasileira por 1x0, diante da Itália, na Copa do Mundo de futebol feminino, na França, levantou uma discussão na Fifa. A entidade máxima do futebol mundial tem seis patrocinadores oficiais e não permite que outras empresas façam propagandas em seus eventos esportivos. A alegação é de que a camisa 10 do Brasil teria infringido a regra ao usar o produto e associá-lo à empresa responsável.

A Fifa proíbe o chamado “marketing de emboscada”, quando uma empresa tenta ligar seu nome ao torneio, dando a entender que é uma das parcerias do evento, aproveitando a audiência da transmissão para estampar determinado produto. Muitas vezes, utilizando um atleta para fazer uma propaganda indireta, tentando usar o momento como uma “falsa espontaneidade”.

Em entrevista ao UOL Esporte, o empresário de Marta, Fabiano Farah, afirmou que a jogadora só comentou sobre o batom, produzido pela empresa Avon, após ter sido questionada por um jornalista.

"Em nenhum momento Marta arquitetou ou provocou qualquer ação para com o endosso direto de uma determinada marca ou produto. O uso do batom é um direito de âmbito pessoal de uma atleta fazer uso ou não. Exemplo: esmalte de unha, prendedor de cabelo, maquiagem em geral, etc. A Marta estava no pleno e fiel exercício de sua atividade profissional e, de forma espontânea e aleatória, solicitaram uma entrevista com ela e fizeram uma pergunta diretamente relacionada ao uso do produto", declarou Farah.

Caso a Fifa identifique irregularidade no caso, Marta não será notificada, mas sim a Avon. Em 2014, na Copa do Mundo masculina, a Blue Man foi procurada pela entidade após o atacante Neymar exibir a marca em uma sunga. A empresa publicou fotos do jogador com o produto nas redes sociais, mas depois apagou.

Após a repercussão da imagem de Marta com o batom, a Avon publicou uma mensagem em sua rede social. “Nossas garotas deram show e o batom Power Stay também marcou um golaço! Fiquem de olho que em julho ele vem aí!”, postou. A empresa, porém, não citou o nome de Marta, tampouco estampou foto da atleta.

Leia também:
Não vamos fazer nenhuma loucura, diz Vadão sobre escalar Marta
Brasil vence Itália e avança em terceiro às oitavas da Copa

Veja também

Martelotte ressalta desejo em permanecer no Santa em 2021
Futebol

Martelotte ressalta desejo em permanecer no Santa em 2021

Influencer pernambucano visita CT do Santos sem máscara e gera polêmica
Futebol

Influencer pernambucano visita CT do Santos sem máscara e gera polêmica