Beach Soccer ganha espaço no Parque Santos Dumont

Projeto do Instituto Geração 4 reúne 80 jovens entre sete e 17 anos para dar os primeiros passos na modalidade

Garotos batem bola nas areias do Santos DumontGarotos batem bola nas areias do Santos Dumont - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Um sonho alimentado por anos e que, a muitas mãos, deixou o papel para preencher a vida de crianças, adolescentes e jovens usando atividades esportivas como ferramentas para promover o desenvolvimento social, educacional e cultural. Este é o Instituto Geração 4, que já tem um tempo de estrada e, agora, passa a responder por uma das escolinhas em atividade no Parque Santos Dumont, em Boa Viagem. Assim, o beach soccer se torna o dono das tardes das segundas, quartas e sextas-feiras no Centro de Esportes de Praia, com aulas das 14h30 às 17h30 para 80 alunos com idades entre sete e 17 anos. Por enquanto, as vagas estão todas preenchidas, mas quem tiver interesse em entrar na escolinha pode ir até o local colocar o nome em uma lista de espera. Isso porque se um aluno atingir o limite máximo de três faltas sem justificativa prévia pode ser descredenciado. Está sendo discutida ainda a abertura de uma turma para meninas, uma vez que a procura feminina surpreendeu.

Denominado Gerando Esporte, o projeto social de beach soccer tem patrocínio da Gatorade/Ambev, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco. A escolinha é encabeçada por Fernando DDI, um dos representantes da bandeira pernambucana na vitoriosa Seleção Brasileira da modalidade e eleito o melhor atleta do Estado na temporada passada. Mas ele não está sozinho. São mais de dez pessoas envolvidas, entre professores, auxiliares e profissionais de outras áreas, como a psicologia. Isso sem falar nas presenças de Filipe Silva e Rafael Padilha, que dividem com DDI a amizade, a responsabilidade na seleção brasileira e o desejo de fazer do projeto um diferencial na vida desses jovens, alunos de escolas públicas.

Rafael, inclusive, tem experiência nesse tipo de atividade. Há alguns anos, foi mentor do Projeto 01, que atuava na descoberta e no treino de desenvolvimento de goleiros, em Candeias. Hoje, segue investindo nos defensores, só que agregou o Projeto 01 ao Geração 4. Descoberto através de Rafael, o jovem Matheus Teleco é um exemplo do quanto esse tipo de iniciativa pode ser transformadora. O defensor está sempre presente nas convocações da Seleção sub-20, bem como Lucas Xavier, do Sport, reforçando o potencial do Estado em revelar talentos na modalidade.

“A representatividade que temos na seleção hoje é incrível, uma grande conquista. Esse esporte mudou a minha vida e o projeto é uma forma de retribuir tudo o que ele me trouxe de bom. Criamos o Instituto em 2011 e já atuamos em Barra de Jangada com um projeto nesse formato. Trazer essa realidade para mais crianças e adolescentes, agora no Santos Dumont, é de grande alegria, pois nossa ideia é não só ensinar o beach soccer, mas mostrar os valores que nos formaram enquanto atletas e cidadãos praticando esporte”, disse um emocionado DDI, agradecendo o apoio de todos que contribuíram para a escolinha se tornar uma realidade. "É também um conforto para ir me adaptando à ideia de que está chegando perto a hora de encerrar a carreira como jogador", completou. Todos os alunos do Gerando Esporte recebem camisa, bolsa, boné e lanche durante as atividades desenvolvidas. Os jovens que se destacarem poderão ser convidados a treinar com a equipe de alto rendimento do Instituto Geração 4, que disputa campeonatos.

Com a inserção do beach soccer, o Centro de Esportes de Praia do Santos Dumont preenche todos os dias da semana com atividades sociais, uma vez que as manhãs das segundas e quartas e as tardes das terças e quintas são ocupadas pela escolinha de vôlei de praia de Lula, também fruto da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. “Esses são passos dados para a inclusão através do esporte. É disso que falamos quando nos referimos a dar vida ao Centro. Não adianta termos equipamentos se não dermos uso a eles. Esses projetos dão oportunidade aos jovens de escolas públicas, além de formarem cidadãos para o mundo”, comemorou o secretário de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, Felipe Carreras.

Veja também

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time
Futebol

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time

Defensivo, Sport se segura no Mineirão e empata em 0x0 com o Atlético/MG
Futebol

Defensivo, Sport se segura no Mineirão e empata em 0x0 com o Atlético/MG