A-A+

Bileu elogia companheiros de posição e comenta expectativa para 2020

Para o setor, Itamar Schulle também contará com Júlio Romão e Paulinho

Volante Bileu durante treino do Santa CruzVolante Bileu durante treino do Santa Cruz - Foto: Divulgação/Santa Cruz

Apesar da ida de Charles ao Remo, o Santa Cruz foi capaz de qualificar a marcação no meio de campo por meio do alto vigor físico e nomes experientes. Os volantes Julio Romão, Paulinho e Bileu disputam a posição, onde o técnico Itamar Schulle ainda testa possíveis opções visando o início da temporada. Com passagem no Arruda em 2014 e 2017, Bileu volta mais maduro e com tarefas além das quatro linhas, como auxiliar outros recém-chegados e jovens na adaptação. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, ele comentou o que aguarda neste novo retorno.

“Eu sei que a cobrança aqui é muito alta, mas os dois últimos anos que eu passei aqui, querendo ou não, fui vitorioso. Consegui um acesso, um Pernambucano, e esse quero que aconteça a mesma coisa pra fechar com chave de ouro. Mas sabemos que a caminhada é difícil, muitas equipes vão disputar a mesma coisa que a gente quer. Tem que se dedicar ao máximo, ter concentração nos jogos, pra não fazer feio, e se Deus quiser, se sagrar com o acesso na Série B, declarou.

Julio Romão ou Paulinho? Bileu não mostra ter preferência para dividir posição e se diz confiante na qualidade dos colegas. “A parceria com Romão é conhecimento. A gente tá treinando junto ali, sabemos que vai chegar mais peças para disputar posição. Chegou hoje o Paulinho, já joguei contra, muito bom jogador. A gente tá ali pra ajudar o Santa Cruz e batalhar até o final, e se Deus quiser, continuar titular pra sequência do campeonato”, destacou.

Fora a forte marcação, Bileu dispõe de outras características que o futebol atual pede. No entanto, ele coloca a cargo de Schulle a escolha do seu papel dentro de campo. “O professor opta pra não aquele volante que sai mais ou o volante que fica mais. Ele quer que os dois cheguem na área, um de cada vez. Se bola estiver mais do meu lado, eu vou, se tiver do lado do Romão ou do Paulinho, ele vai. Se optar pra mim segurar, eu seguro. Eu sei que tenho a característica boa de marcação, meu forte é isso, mas com qualidade eu sei chegar na frente também. É só o professor determinar a função que eu tenho que fazer dentro de campo, que eu vou fazer”, concluiu.

Questionado sobre a chegada de novos nomes, o volante deixou soltar que o lateral Fabiano, do Vitória/BA, está sendo contratado. “Um pouco atrasado que tão se apresentando os jogadores, mas porque eles estavam na Série B, a gente sabe que tem que pegar uma folga. Mas é importante, a gente sabe que o Santa Cruz tá fazendo contratações pontuais. Didira todo mundo já conhece, Paulinho também, Julio (Romão), o lateral (Fabiano, do Vitória/BA) tá chegando também, a gente sabe que tava disputando Série B aí, e tão vindo pra ajudar. Quanto mais a gente à disposição do treinador, melhor pra sequência do campeonato. A gente sabe que vão ser quatro competições difíceis, tem Pernambucano, depois Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série C. A gente tá com intuito de fazer boas competições, e se Deus quiser, que é o mais importante, subir pra Série B.”

Leia também:

Santa Cruz busca profissionalização

Santa lança camisa em homenagem aos 40 anos da Fita Azul 

 

Veja também

Brasil vence Marrocos e avança para semi na Copa do Mundo
Futsal

Brasil vence Marrocos e avança para semi na Copa do Mundo

Lewis Hamilton conquista na Rússia sua vitória de número 100 na F1
Fórmula 1

Lewis Hamilton conquista na Rússia sua vitória de número 100 na F1