Boca Juniors tem Felipão e Renato Gaúcho na mira para 2020

Gustavo Alfaro, atual treinador da equipe argentina anunciou que deixará o time após o termino da Superliga

Renato Gaúcho e FelipãoRenato Gaúcho e Felipão - Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O técnico do Boca Juniors, Gustavo Alfaro, surpreendeu a todos ao dizer, depois da eliminação do Boca contra o River Plate, que se despedirá do clube após a Superliga. De acordo com o jornal Olé, nomes estrangeiros vêm sendo cotados pela diretoria do time argentino, com Luis Felipe Scolari e Renato Gaúcho na mira.

Segundo o colunista do Olé Leandro Contento, a diretoria já não vê com maus olhos chamar técnicos que não sejam argentinos -até pela indisponibilidade de certos nomes locais, como Maradona, Gareca e Palermo.

Ele cita José Mourinho como a "ideia mais louca" dentro do clube -ele está sem clube depois da demissão pelo Manchester United- e passa pelos brasileiros. Diz que Felipão "sempre esteve na mira" e que Renato Gaúcho, com seu "grande trabalho no Grêmio, não fica muito atrás".

Leia também:
Maus resultados provocam demissão de Felipão do Palmeiras
Colômbia nega querer Felipão para comandar a sua seleção
Renato Gaúcho blinda elenco após vexame do Grêmio
River segura Boca e espera brasileiro na final da Libertadores


O Boca deve aguardar o final da Superliga e o desligamento oficial de Alfaro para falar abertamente sobre uma troca no comando. O time enfrenta o Lanús na quinta-feira (31).

Veja também

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"
Santa Cruz

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica de 27 pontos na competição
Série C

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica