Bolívia pedirá para ser subsede da Copa de 2030

"Fomos convocados pelo comitê de candidatura para uma reunião na quarta no Uruguai", declarou o ministro dos Esportes boliviano, Tito Montaño

A Bolívia só participou da Copa de 1994 A Bolívia só participou da Copa de 1994  - Foto: AFP

A Bolívia vai pedir apoio para ser designada como subsede da Copa do Mundo de futebol de 2030, informou nesta segunda-feira (18) o ministro dos Esportes boliviano, Tito Montaño, antes de viajar para Montevidéu.

"Fomos convocados pelo comitê de candidatura para uma reunião na quarta no Uruguai", declarou o funcionário boliviano ao jornal Página Siete.

"Pediremos para sermos subsede da Copa do Mundo de 2030", declarou Montaño.

Na reunião em Montevidéu "será analisado quais são as possibilidades e vamos conhecer os detalhes da organização".

O presidente boliviano Evo Morales manifestou no ano passado em uma reunião do Mercosul que a Bolívia queria "acompanhar com dois ou três departamentos como subsede", o pedido de Argentina, Uruguai e Paraguai de organizar o Mundial de 2030.

Leia também:
Uruguai confirma reunião com Argentina e Paraguai sobre sediar a Copa de 2030
Paraguai crê que Copa de 2030 possa atrair investimentos
Paraguai, Uruguai e Argentina unidos pela Copa de 2030

Recentemente o Chile se juntou a esse pedido.

O Uruguai sediou a primeira Copa do Mundo da história, em 1930. O Chile recebeu o torneio em 1962 e a Argentina em 1978. Bolívia e Paraguai nunca foram sede do Mundial da Fifa.

Veja também

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival
Campeonato Brasileiro

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival

Ingressos da Olimpíada viram dilema para familiares de atleta e grupo de fãs
Olimpíada

Ingressos da Olimpíada viram dilema para familiares de atleta e grupo de fãs