Bolsonaro vai assistir à abertura da Copa América

A partida será entre a Seleção Brasileira e a Bolívia, em São Paulo. No mesmo dia está marcado uma greve geral

Bolsonaro acompanhou o jogo da Seleção em BrasíliaBolsonaro acompanhou o jogo da Seleção em Brasília - Foto: Evaristo Sá/AFP

O presidente Jair Bolsonaro pretende assistir à partida de abertura da Copa América 2019, entre a Seleção Brasileira e a Bolívia, em São Paulo, nesta sexta-feira (4). Mesmo dia que está marcado uma greve geral contra o governo.

"Há sim, há um convite oficial e há previsão de que ele participe na sexta-feira na abertura da Copa América", disse nesta quarta-feira (12) o porta-voz presidencial à imprensa, em Brasília.

O Brasil estreia na competição sem Neymar que foi cortado após sofrer uma lesão no tornozelo direito na partida amistosa contra o Catar há uma semana.

Leia também:
'Pelo que vi até agora, Neymar é inocente', diz Bolsonaro
Bolsonaro afirma que confia na versão de Neymar
De Vargas a Bolsonaro, presidentes se colam à imagem da Seleção


Bolsonaro chegou a visitar Neymar no hospital após assistir ao jogo que terminou com uma vitória brasileira por 2x0, em Brasília. No mesmo dia do início da Copa América, grande parte dos sindicatos convocaram uma greve geral contra a reforma da previdência, que é negociada intensamente pelo governo no Congresso.

Veja também

Santa prolonga contrato de trio para jogo contra o Itabaiana
Futebol

Santa prolonga contrato de trio para jogo contra o Itabaiana

Barça vence Rayo Vallecano de virada e vai às quartas da Copa do Rei
Futebol

Barça vence Rayo Vallecano de virada e vai às quartas da Copa do Rei