Botafogo, assim como o Sport, está em plena maratona

A maior dúvida para o técnico Jair Ventura montar o time está na lateral direita - Luís Ricardo, Jonas e Marcinho se recuperam de lesão

Jair Ventura, técnico do BotafogoJair Ventura, técnico do Botafogo - Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo

Além da competição nacional, o Botafogo também disputa a Taça Libertadores. Assim como seu adversário desta noite, no Engenhão, o clube de General Osório tem vivido uma sequência de decisões. Nas últimas duas semanas, enfrentou o Atlético Nacional (COL) e o Barcelona de Guayaquil (EQU) pela Libertadores, além de atuar em dois clássicos pelo Estadual - um contra o Vasco, outro diante do Flamengo.

A maior dúvida para o técnico Jair Ventura montar o time está na lateral direita - Luís Ricardo, Jonas e Marcinho se recuperam de lesão. As opções do treinador serão o zagueiro Emerson Santos, improvisa­­­do, e o garoto Fernando Constanza, 18 anos, que passou da base para o profissional provisoriamente.

Uma boa notícia para os botafoguenses será o retorno do volante Airton. Recuperado de lesão, ele treinou com a equipe desde a última segunda-feira.

“Esperamos o apoio dos torcedores no jogo da Copa do Brasil. É mais uma competição que vamos entrar com tudo. Tivemos uma derrota no meio de uma sequência desgastante (contra o Flamengo, no domingo passado), mas já passou. O apoio das arquibancadas vai ser fundamental. Sei que eles vão comparecer e nos ajudar”, afirmou o atacante Sassá (ex-Náutico), artilheiro da equipe na temporada com sete gols.


Veja também

“Não dá tempo para lamentar, não pode abaixar a cabeça”, diz Jair Ventura após derrota do Sport
Sport

“Não dá tempo para lamentar, não pode abaixar a cabeça”, diz Jair Ventura após derrota do Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0
Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0