Bottas vence GP da Áustria e Vettel aumenta vantagem

Apesar de ter terminado em nono, brasileiro Felipe Massa fez ótima largada, da 17ª posição

Grande Prêmio da ÁustriaGrande Prêmio da Áustria - Foto: Joe Klamar/AFP

Valtteri Bottas largou na pole e venceu sem ser ameaçado no Grande Prêmio (GP) da Áustria neste domingo (9). Foi a segunda vitória do finlandês na temporada. Segundo colocado da prova, Sebastian Vettel abriu vantagem sobre Lewis Hamilton, que terminou em quarto, atrás de Daniel Ricciardo, que completa o pódio em Spielberg.

Felipe Massa terminou na nona colocação. Líder da temporada, Vettel agora soma 171 pontos, 20 a mais que Hamilton, segundo do Mundial de Pilotos. Bottas tem 136 pontos. Ricciardo é o quarto na classificação geral, com 107 pontos.

Pole position, Valtteri Bottas fez ótima largada e sequer foi ameaçado por Sebastian Vettel, segundo no grid. O finlandês foi tão bem logo após o sinal verde que Vettel questionou, via rádio, se teria havido queimada de largada. Mas Bottas largou corretamente: acelerou 0,2 segundos após o sinal verde.

Hamilton largou em oitavo, ganhando duas posições nas duas primeiras voltas. Na primeira posição, Bottas tentou abrir o máximo de vantagem sobre os concorrentes. Na volta 28, o finlandês abriu 8 segundos de vantagem sobre Vettel. A Mercedes decidiu não utilizar a estratégia de "segurar" Vettel para que Hamilton se aproximasse.

Em oitavo, Hamilton largou com o pneu supermacio, tentando uma estratégia de ficar mais tempo na pista do que os rivais diretos. Porém, quando o piloto se viu preso atrás da Ferrari de Kimi Raikkonen, antecipou sua parada e arriscou colocar os ultramacios, menos duráveis, para ir até o final. Com a tática, o tricampeão conseguiu superar a Ferrari, mas não teve ritmo para brigar pelo pódio.

Sem duelo

Diferentemente do GP anterior, no Azerbaijão, a corrida na Áustria não proporcionou bons pegas e ultrapassagens. Havia previsão de chuva na primeira parte da prova, mas que acabou não se confirmando. Sebastian Vettel e Lewis Hamilton ficaram longe um do outro durante toda a corrida.

Hamilton chegou a liderar os treinos livres, mas teve de trocar o câmbio e foi punido com a perda de cinco posições no grid, largando apenas em oitavo e tendo de fazer uma corrida de recuperação, enquanto Vettel largou em segundo, após ficar a apenas 42 milésimos da pole position, e não conseguiu pressionar o vencedor Valtteri Bottas durante a prova.

Felipe Massa largou na 17ª posição após alegar problemas no desenvolvimento dos pneus com tanque vazio nos treinos. O brasileiro fez ótima largada, ultrapassando oito concorrentes, ficando em nono.

Veja também

“Não dá tempo para lamentar, não pode abaixar a cabeça”, diz Jair Ventura após derrota do Sport
Sport

“Não dá tempo para lamentar, não pode abaixar a cabeça”, diz Jair Ventura após derrota do Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0
Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0