Brasil bate Estados Unidos na Liga das Nações feminina

Seleção encerrou terceira semana na competição e segue para para Tóquio, no Japão. O destaque da partida foi Gabi

Gabi foi o grande destaque da vitória da seleção brasileiraGabi foi o grande destaque da vitória da seleção brasileira - Foto: Divulgação/FIVB

A seleção brasileira feminina de vôlei encerrou a terceira semana da Liga das Nações com vitória. Nesta quinta-feira (6), o time verde e amarelo superou os Estados Unidos por três sets a um (25/19, 25/17, 22/25 e 25/20), em Nebraska. A equipe do treinador José Roberto Guimarães alcançou a sexta vitória na competição e segue em busca de um lugar na fase final.

O Brasil viajará na madrugada desta sexta-feira (7) para Tóquio, no Japão, onde disputará a quarta semana da Liga das Nações. O time verde e amarelo voltará à quadra na próxima terça-feira (11), às 7h30 (Horário de Brasília), contra o Japão.

Na classificação geral, o Brasil aparece em sexto lugar, com 19 pontos (seis vitórias e três derrotas). A Turquia está na liderança, com 24 pontos, seguida pela Itália, com 22, os Estados Unidos, com 21, a China, com 20, e a Polônia também com 20, mas com um saldo de sets pior que as chinesas.

Na partida desta quinta-feira (6) brilhou a estrela da ponteira Gabi. A atacante foi a maior pontuadora do confronto, com 26 pontos (24 de ataque, um de saque e um de bloqueio). A oposta Paula Borgo, com 13 acertos, e a ponteira Amanda, com 10, também pontuaram bem pelo time verde e amarelo. Nos Estados Unidos, destaque para a oposta Drews, com 19 acertos.

"Foi uma vitória muito importante para o nosso grupo. Jogamos com raça toda a partida e taticamente muito bem. Sabemos que os Estados Unidos têm muita velocidade e uma grande opção de jogadoras entrando e saindo ao longo do jogo. Não desistimos de nenhuma bola e brigamos pelo resultado do início ao fim. Mesmo depois de perder o terceiro set, voltamos com tudo no quarto e conseguimos esse resultado fundamental na nossa briga pela classificação", afirmou Gabi.

O treinador José Roberto Guimarães chamou a atenção para a melhora do saque e dos contra-ataques das brasileiras.

“Sabíamos que seria uma partida difícil. O ginásio estava lotado e a expectativa para esse duelo era muito grande. Hoje sacamos melhor e com mais pressão. O nosso bloqueio melhorou e os contra-ataques foram eficientes. Foi um grande desafio pela situação que nos encontramos na tabela. Vejo o time melhorando a cada jogo e isso é positivo”, afirmou José Roberto Guimarães. -

Leia também:
Liga das Nações: Brasil passa fácil pela Coreia do Sul
Liga das Nações: Natália reforça a seleção na 3ª semana


Depois da etapa dos Estados Unidos, a seleção brasileira viajará para o Japão. Entre os dias 11 e 13 de junho, a equipe do treinador José Roberto Guimarães estará em Tóquio e terá pela frente as donas da casa, a Tailândia e a Sérvia. A quinta e última semana da fase classificatória acontecerá entre os dias 18 e 20 de junho em Ancara, na Turquia, e o Brasil medirá forças com a Turquia, a Itália e a Bélgica.

A fase final que reunirá a China, país sede, e as cinco seleções mais bem classificadas ao final da fase classificatória será disputada em Nanquim, na China, entre os dias 3 e 7 de julho.

Veja também

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol
Handebol

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport
Sport

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport