Brasil classifica quatro duplas para as oitavas em Moscou

Patrícia/Rebecca, Ágatha/Duda, Guto/Saymon e Alison/Álvaro venceram seus dois jogos nesta quinta-feira (15)

Bruno Schmidt e Evandro, parceiros no vôlei de praia Bruno Schmidt e Evandro, parceiros no vôlei de praia  - Foto: Divulgação/FIVB

O Brasil já tem duas duplas classificadas para a fase de oitavas de final da etapa de Moscou do Circuito Mundial de vôlei de praia. Na rodada desta quinta-feira (15), Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Ágatha/Duda (PR/SE) venceram os dois jogos que disputaram, avançando na competição. Pelo grupo B da competição, Ágatha e Duda estrearam com vitória sobre Radarong/Hongpak (TAI) por 2 sets a 0 (21/14 e 21/15). No segundo compromisso, elas levaram a melhor sobre as suíças Joana Heidrich e Anouk Vergé-Dépré por 2 sets a 0 (21/17 e 21/14). Com o resultado, as brasileiras garantiram classificação nas oitavas.

No grupo D, Ana Patrícia e Rebecca superaram os dois times que enfrentaram nesta quinta-feira. Primeiro elas derrotaram Caluori/Gerson (SUI) por 2 sets a 0 (21/12 e 21/16). No compromisso seguinte nova vitória, desta vez sobre as espanholas Liliana e Elsa por 2 sets a 1 (21/17, 21/23 e 15/10). Outras duas duplas brasileiras também participam do torneio feminino na capital russa. Maria Elisa/Carol (RJ) estão na repescagem, enquanto Taiana/Talita (CE/AL), que sofreu um revés na estreia e joga a segunda partida somente nesta sexta-feira (16), precisa vencer para seguir na disputa.

Maria Elisa/Carol Solberg e Taiana/Talita estão no grupo A. Maria e Carol começaram o dia superando Mizoe/Hashimoto (JAP) por 2 sets a 0 (21/18 e 25/23), enquanto Taiana e Talita foram superadas por Menegatti/Orsi-Toth (ITA) por 2 sets a 0 (14/21 e 19/21). Em seguida, no jogo entre as vencedoras, as italianas superaram Maria e Carol por 2 sets a 1 (20/22, 21/15 e 11/15). Já o duelo entre Taiana/Talita e as japonesas acontece somente nesta sexta-feira, e quem perder está eliminada da competição.

No torneio masculino, Guto e Saymon e Alison e Álvaro venceram os dois confrontos do dia e avançaram às oitavas. Guto e Saymon conseguiram dois triunfos contra times experientes, virando as duas partidas do dia. Na primeira rodada, superaram os espanhóis Herrera/Gavira por 2 sets a 1 (17/21, 21/16, 15/13). Horas depois, valendo a primeira posição do grupo, vitória sobre os medalhistas olímpicos Brouwer e Meeuwsen, da Holanda, também no tie-break, com parciais de 17/21, 21/18, 15/9.
Alison e Álvaro superaram na estreia os russos Sivolap/Yarzutkin por 2 sets a 0 (21/18, 21/18). Horas depois, em duelo contra os letões Samoilovs e Smedins, bicampeões do Circuito Mundial em 2013 e 2014, nova vitória em sets diretos, com parciais de 21/16, 21/18. Eles aguardam o fim da fase de grupos para saberem quem serão os próximos adversários.

Já Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) acabaram superados na primeira partida e só jogam a segunda rodada da fase de grupos nesta sexta-feira (16). Eles precisam de um triunfo contra os norte-americanos Billy Allen e Stafford Slick para seguirem à repescagem da competição. Além da última rodada da fase de grupos e da repescagem, as oitavas de final do torneio masculino também ocorrem nesta sexta.
André Stein e George também apresentaram bom volume de jogo e venceram na estreia os chineses Peng Gao e Yang Li por 2 sets a 1 (20/22, 21/14, 15/8). No segundo jogo do dia, valendo a liderança do grupo, acabaram derrotados para os belgas Koekelkoren/van Walle por 2 sets a 1 (17/21, 21/19, 15/11).

Evandro e Bruno Schmidt disputaram apenas uma partida em Moscou, já que os times derrotados na estreia, retornam para a quadra apenas no dia seguinte. Eles foram superados pelos poloneses Rudol/Szalankiewicz por 2 sets a 0 (21/18, 21/19). Nesta sexta, precisam vencer time norte-americano para conseguir a vaga à repescagem.

Veja também

Platini e Blatter são acusados de fraude na Suíça
FIFA

Platini e Blatter são acusados de fraude na Suíça

Corinthians elege presidente que herdará dívida bilionária
Futebol

Corinthians elege presidente que herdará dívida bilionária