Brasil e Argentina na briga pelo CT do Galo

Dirigentes argentinos precisam oficializar a estadia o quanto antes

Deputado Silvio Costa é vice-líder de oposição na CâmaraDeputado Silvio Costa é vice-líder de oposição na Câmara - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O maior clássico sul-americano terá o próximo capítulo no próximo dia 10 de novembro, mas Brasil e Argentina já estão em confronto, antes mesmo da partida válida pela 11ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia 2018. Como a partida será no Mineirão, as confederações dos dois países disputam qual seleção vai utilizar o CT do Atlético/MG nos dias de preparação, em Belo Horizonte.

A vantagem nesta concorrência parece ser dos argentinos, que utilizaram a estrutura da Cidade do Galo durante a Copa do Mundo de 2014. Apesar de o técnico Tite também ter visitado o centro treinamento recentemente para conhecer as dependências e os campos.

No início deste mês, o presidente do Atlético/MG, Daniel Nepomuceno, entrou na polêmica sobre quem vai utilizar o CT. “Vai ficar com Messi. Eles pediram, entraram em contato com o nosso departamento pedindo. Relacionamento conta muito. Ter a seleção da Argentina aqui e o Pratto titular, claro que queremos”, resumiu o mandatário.

Mas se quiser treinar na Cidade do Galo, os dirigentes da Argentina precisam oficializar a estadia o quanto antes. Caso contrário, dará a oportunidade para a CBF vencer a disputa. O CT atleticano é cobiçado por ter uma boa estrutura e ser próximo ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte.

A definição acontecerá somente no começo da próxima semana. Uma comissão da CBF estará em Belo Horizonte para definir toda a logística para o duelo com a Argentina.

Veja também

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'
Náutico

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa
Série B

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa