Brasil é convocado para a Copa Davis sem Bruno Soares

Soares pediu dispensa da convocação por conta do nascimento de sua filha

Bruno Soares e Marcelo Melo em ação pela Davis 2017Bruno Soares e Marcelo Melo em ação pela Davis 2017 - Foto: RODRIGO BUENDIA / AFP

O Brasil enfrentará a República Dominicana na primeira rodada do Zonal Americano da Copa Davis, contra a República Dominicana, com uma equipe de simples formada majoritariamente por novatos e na dupla não terá Bruno Soares.

A equipe convocada nesta segunda-feira pelo capitão João Zwetsch para as partidas em 2 e 3 de fevereiro, fora de casa, conta com Thiago Monteiro (116º do mundo), João Pedro Sorgi (366º), Thiago Wild (616º) para os jogos de simples e Marcelo Melo e Marcelo Demoliner nas duplas.

Leia também:
Brasil encara dominicanos na estreia da Davis 2018
Marcelo Melo começa ano com título do ATP de Sidney
Marcelo Melo é premiado como melhor duplista do ano
Bruno Soares vence Marcelo Melo nas duplas do ATP Finals

Entre os simplistas, Thiago Monteiro, 23, é o único que já atuou na Davis. Sorgi, 24, e Wild, 17 farão as suas estreias, assim como Demoliner.

Soares pediu dispensa da convocação para ficar com a esposa, que em breve, dará à luz segunda filha do casal.

"Com a segunda gravidez da Bruna e o nascimento do nenê programado para junho, vou ter que cortar algumas semanas do meu calendário para ver a minha família e acompanhar esse momento. Ela não poderá viajar nenhuma semana comigo e infelizmente, vou ter que abrir mão da Copa Davis em 2018 e dos ATPs de Stuttgart e de Estocolmo", explicou Soares.

Quem também não quis disputar a Davis foi Rogério Dutra Silva, o Rogerinho. Ele é o único top 100 do país, ocupando a 98ª posição do ranking.

"Meu foco neste ano é priorizar o calendário ATP", justificou.

Thomaz Bellucci, que cumpre suspensão por doping e estará liberado para competir a partir de 31 de janeiro também não foi chamado.

"Dos cinco que vão, três estão indo pela primeira vez. É uma data complicada dentro do calendário ATP, com torneios no saibro, diferentemente da Davis jogada em quadra rápida, ficou difícil para muitos jogadores. A esposa do Bruno está grávida de novo, então ele pediu para dar uma segurada na Davis esse ano para ficar mais com ela", explicou Zwetsch.

"O Thomaz está há quase seis meses sem jogar, sem ritmo de jogo. E o resto da turma, o Rogerinho, o Feijão, o Clezar decidiram priorizar o calendário dos torneios da América do Sul no saibro, perfeitamente entendível", completou.

Se passar pela República Dominicana, o Brasil enfrentará o vencedor de Colômbia e Barbados em busca de uma vaga na repescagem do Grupo Mundial.

Veja também

Após punição, Sport é liberado para inscrever atletas
Futebol

Após punição, Sport é liberado para inscrever atletas

FPF lança tabela do Campeonato Pernambucano 2020
Futebol

FPF lança tabela do Campeonato Pernambucano 2020