Brasil é descredenciado pela Agência Mundial Antidoping

A perda do reconhecimento da entidade internacional se deve principalmente à demora para o Brasil colocar em funcionamento seu Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (JAD).

Carteira de trabalhoCarteira de trabalho - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

A Wada (Agência Mundial Antidoping) anunciou em sua conta de Twitter que o Brasil está fora dos padrões de conformidade com o Código Mundial Antidoping.

A decisão de retirar o credenciamento da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) foi tomada neste sábado (20), em reunião do conselho de fundadores da Wada.

O Brasil tem sido alvo de questionamentos insistentes da Wada. As autoridades brasileiras tiveram até a sexta-feira (10) para apresentar soluções para as indagações da agência.

A perda do reconhecimento da entidade internacional se deve principalmente à demora para o Brasil colocar em funcionamento seu Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (JAD).

O órgão autônomo seria responsável por julgar todos os casos de doping do país. Hoje,
esse trabalho é realizado por tribunais que funcionam dentro das federações nacionais, o que, segundo a Wada, pode criar empecilhos para o correto julgamento de casos de doping.

O secretário nacional da ABCD, Rogério Sampaio, viajou a Glasgow no último dia 17 para participar da reunião do Conselho de Fundação da Wada, ocorrido no sábado (19) e tentar evitar o descredenciamento da autoridade brasileira, mas não teve sucesso.

Veja também

Lewis Hamilton conquista pole position no GP de Portugal
Fórmula 1

Lewis Hamilton conquista pole position no GP de Portugal

Real Madrid vence Barcelona no Camp Nou e joga pressão para o rival
Futebol

Real Madrid vence Barcelona no Camp Nou e joga pressão para o rival