A-A+

Brasil encara Coreia do Sul precisando vencer no Mundial

Após derrota para Alemanha e empate com a França, a seleção precisa da vitória para não se complicar na Copa do Mundo

Alê Nascimento, jogadora da seleção brasileira de handebolAlê Nascimento, jogadora da seleção brasileira de handebol - Foto: Federação Internacional de Handebol/Divulgaçã

Ainda sem vencer na Copa do Mundo, a seleção brasileira feminina de handebol terá pela frente a Coreia do Sul no terceiro embate no campeonato, às 3h da madrugada de segunda-feira (2) para a terça-feira (3). Após a derrota para a Alemanha (30x24), no último sábado (30), e o empate contra a França (19x19), neste domingo (1), o Brasil precisa da vitória para não ficar em situação ainda mais complicada.

A Copa do Mundo é composta de 24 equipes divididas em quatro grupos e os três melhores times de cada chave se classificam para a próxima fase. No grupo da morte, o Brasil ocupa a penúltima colocação. Com duas vitórias, a Alemanha lidera a chave B e tem tudo para garantir sua classificação.

Próxima adversária do Brasil, a Coreia do Sul está invicta na competição, possui uma vitória e um empate. Na rodada de estreia, as asiáticas venceram as atuais campeãs do mundo, França, 29x27, enquanto na última empataram em 26x26 com a Dinamarca. Dessa forma, as coreanas têm tudo para dificultarem ao máximo o jogo brasileiro.

Leia também:
Brasil enfrenta Alemanha na estreia da Copa do Mundo
Brasil conquista hexa no handebol e garante vaga olímpica


Pernambucana, Renata Arruda marcou um gol na última partida, mesmo sendo goleiro, e segue como a representante do Estado na Copa do Mundo de Handebol.

Veja também

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra
Futebol

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves
Futebol

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves