Brasil enfrenta Rússia sem chances de pódio no Mundial Feminino

Derrota por 3 sets a 1 diante da Coreia do Sul eliminou as chances de medalha para as brasileiras

Zé Roberto Guimarães Zé Roberto Guimarães  - Foto: Ricardo Botelho/Inovafoto/CBV

As chances do Brasil de subir no pódio da Copa do Mundo de Vôlei Feminino foram retiradas na madrugada deste sábado, após não conseguir segurar a Coreia do Sul e sair derrotado em 3 sets a 1. Portanto, a única pretensão do time de Zé Roberto Guimarães é permanecer no quarto lugar da competição, posição que ocupa com 18 pontos. A única maneira disso acontecer envolve vencer a Rússia, seu último compromisso na competição, às 2h (de Brasília) no domingo.

“A Rússia tem melhorado a cada jogo e está numa performance melhor do que quando começou a temporada. O nosso sistema defensivo vai precisar funcionar na partida. A Goncharova está em um momento muito bom e é ponto de referência da equipe delas. Esperamos fazer um bom jogo para acabarmos a competição na melhor posição possível", analisou Zé Roberto. A seleção brasileira acumula seis vitórias e quatro derrotas em dez partidas disputadas no Mundial.

JÁ TEM CAMPEÃ

A China se sagrou campeã do torneio antes mesmo da última partida acontecer, depois de passar por cima da Sérvia aplicando 3 sets a 0. Isso se deve à campanha praticamente perfeita das chinesas até então, com 100% de aproveitamento nos dez duelos e 29 pontos. Os Estados Unidos possuem quatro pontos a menos e lutam pela prata com a Rússia.

O mundial encerra neste domingo, quando a China encontra a Argentina para fechar sua participação e festejar a conquista.

Veja também

São Paulo goleia o Taboão por 29x0 pelo Paulista feminino
Futebol feminino

São Paulo goleia o Taboão por 29x0 pelo Paulista feminino

Na Ressacada, Sport empata com Avaí no primeiro jogo das oitavas
Copa do Brasil sub-20

Na Ressacada, Sport empata com Avaí no primeiro jogo das oitavas