Brasil enfrenta Venezuela pelas Eliminatórias da Copa

Em boa fase sob o comando de Tite, Seleção Brasileira encara a seleção "Vinotinto" fora de casa

Emma e as Cores da Vida (2017)Emma e as Cores da Vida (2017) - Foto: Divulgação

Na Era Tite, a Seleção Brasileira está invicta e com 100% de aproveitamento. Ganhou três jogos consecutivos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 e, mais do que isso, convenceu, apresentando um futebol que há muito a torcida verde-amarela não via. Os bons resultados fizeram a equipe saltar do sexto lugar para a vice-liderança. Nesta terça-feira (11), às 21h30, a Seleção já mira o primeiro lugar da competição, e para isso precisará vencer a lanterna Venezuela, em Mérida, além de “secar” o Uruguai, que irá a Barranquilla encarar a Colômbia.

E este início de trabalho com o gaúcho Tite não poderia ser melhor. Com o treinador no banco de reservas, a Seleção pentacampeã mundial venceu as três partidas que disputou, com dez gols marcados e apenas um sofrido. A boa campanha faz o Brasil ambicionar o topo da classificação Já a ‘Vinotinto’ passou o primeiro turno inteiro sem vencer e está afundada na última colocação, com apenas dois pontos.
Pela primeira vez desde que assumiu o cargo, Tite não poderá contar com o principal jogador do País em atividade, o atacante Neymar, que cumprirá suspensão pelo segundo cartão amarelo. O técnico não fez qualquer mistério e desde o primeiro momento deixou claro que o substituto do camisa 10 será Willian, que entrará no lado direito do ataque.  Com isso, Philippe Coutinho será deslocado para a esquerda, onde costuma jogar pelo Liverpool.
Outra troca acontecerá no meio-campo, setor em que Paulinho, homem de confiança de Tite, recuperará a titularidade. O atleta do Guangzhou Evergrande estava suspenso na goleada sobre a Bolívia por 5x0, na última quinta-feira, e volta na vaga de Giuliano. “A equipe tem que ser forte sem Neymar e quando ele estiver jogando, tem que ajudar a fortalecê-la”, declarou o treinador em entrevista coletiva.

VENEZUELA
Sem maiores esperanças de classificar, a Venezuela tem como objetivos melhorar as próprias atuações e fazer uma renovação para construir uma equipe que possa brigar para disputar o Mundial em 2022.
O técnico Rafael Dudamel fechou os portões dos treinamentos em Mérida, mas a expectativa é que a ‘Vinotinto’ tenha ao menos duas trocas em relação à derrota para o Uruguai por 3x0 em Montevidéu na semana passada. Roberto Rosales provavelmente voltará à lateral direita, enquanto José Manuel Velázquez substituirá o suspenso Oswaldo Vizcarrondo.

FICHA DO JOGO

VENEZUELA

Hernández; Rosales, Ángel, Velázquez e Villanueva; Rincón, Figuera, Peñaranda e Añor; Martínez e Rondón. Técnico: Rafael Dudamel.

BRASIL
Alisson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luis; Fernandinho, Paulinho e Renato Augusto; Willian, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

Estádio: Metropolitano de Mérida, em Mérida (Venezuela).
Horário: 21h30 (de Brasília).
Árbitro: Víctor Carrillo (Peru), auxiliado pelos compatriotas Jonny Bossio e Raúl López Cruz.

 

Veja também

Luan Polli: o reserva que virou destaque do Sport na Série A
Futebol

Luan Polli: o reserva que virou destaque do Sport na Série A

Após quase 10 meses parado, Álvaro volta aos gramados
Náutico

Após quase 10 meses parado, Álvaro volta aos gramados