A-A+

Brasil estreia no Pré-Olímpico Mundial de basquete nesta quinta

Seleção encara Porto Rico, às 14h, na França. Três das quatro seleções do grupo se classificarão para Tóquio

Pivô Érika de Souza em treino da seleção brasileira de basquete Pivô Érika de Souza em treino da seleção brasileira de basquete  - Foto: Divulgação/CBB

A seleção brasileira feminina de basquete inicia nesta quinta-feira (6) o último estágio na busca por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que têm início no dia 24 de julho, no Japão. Em Bourges, na França, o elenco comandado pelo técnico José Neto encara o grupo do Pré-Olímpico Mundial com Porto Rico, Austrália e a seleção anfitriã, a França. As três equipes de melhor campanha carimbarão o passaporte.

A estreia é nesta quinta, às 14h, contra as porto-riquenhas, contra quem o Brasil tem retrospecto recente positivo. De 2009 para cá, foram seis vitórias em oito jogos – sendo cinco vitórias em sete confrontos oficiais. No ano passado, as equipes se enfrentaram três vezes, na fase de grupos dos Jogos Pan-Americanos de Lima, na disputa pelo bronze na AmeriCup e em um amistoso. Em todas as ocasiões, as brasileiras levaram a melhor.

O Pré-Olímpico Mundial de Basquete Feminino é dividido em quatro grupos. Além do grupo do Brasil, que tem sede na França, os demais têm a seguinte formatação: Sérvia, Nigéria, Moçambique e EUA disputam vaga em Belgrado, na Sérvia; China, Coreia do Sul, Grã-Bretanha e Espanha compõem o grupo que teria como sede a China, mas foi deslocado também para Belgrado por conta da epidemia do Coronavírus; e Canadá, Japão, Suécia e Bélgica, que jogarão em Ostend, na Bélgica.

Leia também:
Brasil perde para Sérvia antes do Pré-Olímpico de Basquete
Time de basquete feminino faz primeiro treino na Europa
Organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio preocupados com a epidemia de coronavírus


Todas as seleções se enfrentarão em jogo único dentro dos seus respectivos grupos. Como Estados Unidos e Japão já estão classificados para Tóquio-2020, as chaves nas quais essas seleções estão presentes classificarão somente mais duas equipes. Nas outras duas, incluindo a do Brasil, serão classificadas as três primeiras.

O elenco brasileiro contra com 13 atletas. As novidades desta convocação em relação às últimas listas ficam por conta da pivô Carolina e da armadora Alana. Lesionada, a pivô Nádia Colhado não pôde participar dessa etapa de treinos, assim como a pivô Stephanie Soares, com compromissos universitários nos Estados Unidos. A seleção vem de uma sequência de bons resultados em 2019 – bronze na AmeriCup, ouro nos Jogos Pan-Americanos e segundo lugar no Pré-Olímpicos das Américas. Após o confronto contra Porto Rico, o Brasil voltará a jogar no sábado (8), contra a França, às 16h30, e no domingo (9), contra a Austrália, às 10h. Todos os jogos terão transmissão do canal SporTV 2.



Veja também

Palmeiras derrota Flamengo e se torna tricampeão da Libertadores
Libertadores

Palmeiras derrota Flamengo e se torna tricampeão da Libertadores

Inspirando-se em Etiene Medeiros, pernambucana de 18 anos busca ouro no Pan Júnior
Natação

Inspirando-se em Etiene Medeiros, pernambucana de 18 anos busca ouro no Pan Júnior