Brasil fecha amistosos com vitória e foca no Mundial

Seleção brasileira encerrou série de jogo com a Holanda na quarta (22), vencendo por 3x0. Mundial começa no dia 9

Seleção brasileira masculina de vôleiSeleção brasileira masculina de vôlei - Foto: Tarso Sarraf/Inovafoto/CBV

Três jogos e três vitórias. Assim, a seleção brasileira masculina de vôlei finalizou a série de amistosos contra a Holanda. O trabalho, em preparação para o Campeonato Mundial, se encerrou nesta quarta-feira (22.08), quando, no ginásio Guilherme Paraense, o Mangueirinho, em Belém (PA), a equipe dirigida pelo técnico Renan Dal Zotto venceu por 3 sets a 0 (25/16, 25/17 e 25/10), diante de quase sete mil torcedores. O ponteiro Douglas Souza foi o maior pontuador, com 17 acertos, enquanto o oposto Evandro e o central Éder marcaram 10 pontos cada um.

“Os amistosos foram importantes para que ganhássemos ritmo de jogo e pudéssemos observar onde podemos ajustar, quais pontos precisamos melhorar. Conseguimos imprimir um ritmo de saque muito forte em Belém, com poucos erros, pressionando a Holanda de forma bastante interessante. Ainda queremos ajustar algumas coisas nestes dias antes do Mundial. A torcida deu muita energia positiva também, e isso é muito bom para levar esse sentimento para o Mundial”, disse Renan. 

O oposto Wallace também saiu satisfeito de quadra. Depois de passar por Brasília, onde venceu por 3 a 0, e Manaus, onde a seleção brasileira saiu vitoriosa por 3 a 1, o atacante comemorou a boa atuação nesta quarta-feira. “Fizemos três grandes jogos. Tivemos uma pequena oscilada em Manaus, e esse de Belém foi o melhor, sem dúvida. Mas fomos bem no geral. Sacamos muito bem, colocamos o passe deles em dificuldade, não deixamos que eles entrassem no jogo. Temos um bom caminho pela frente, sempre buscando melhorar. Vamos realizar alguns amistosos na Europa, antes do Mundial, e esperamos chegar muito bem para o torneio”, Wallace. "Agora vamos concentrar ao máximo, ir com tudo para o Mundial, que será uma ‘pedreira’”, destacou o levantador e capitão Bruninho.

A seleção brasileira terá alguns dias de descanso após essa série de amistosos, principalmente por conta do desagaste das viagens feitas em poucos dias. Retornará aos treinos na próxima segunda-feira (27). O Mundial, que vai ser disputado de 9 a 30 de setembro, na Bulgária e na Itália, é o principal compromisso da temporada. O campeonato é disputado a cada quatro anos, e nesta temporada, pela primeira vez, terá dois países como sede. Na época da sua geração mais vitoriosa, no auge da Era Bernardinho, o Brasil conquistou o tricampeonato consecutivo, em 2002, 2006 e 2010. A atual campeã é a Polônia, que levantou o título em casa, em 2014. 

Leia também:
Vôlei: Brasil vence a Holanda em novo amistoso
Sem Lucarelli e Borges, Brasil tem dor de cabeça pré-Mundial

O Brasil está no Grupo B do Mundial, ao lado de Egito, França, Holanda, Canadá e China. A estreia acontece contra o Egito, no dia 12. No dia seguinte, os brasileiros enfrentam a forte equipe da França, contra quem o Brasil perdeu os dois jogos que fez na Liga das Nações, entre junho e julho, por 3x0 e 3x2. Depois, a seleção pega Holanda, Canadá e China, nos dias 15, 17 e 18, respectivamente. O Mundial terá um total de 24 seleções, entre elas grandes potências atuais, como os próprios franceses, além de Rússia, Sérvia e Polônia. 

Na primeira fase do Mundial, serão quatro grupos com seis equipes, classificando para a fase seguinte os quatro primeiros colocados de cada grupo. Esses formarão quatro novos grupos, com quatro seleções em cada. Após finalizados os jogos dessa fase, os primeiros colocados e os dois melhores segundo colocados avançarão e formarão dois novos grupos, dessa vez com três equipes em casa. Daí sairão os quatro times que farão semifinais e finais. 

Veja também

Acompanhe todos os lances de Sport x Bahia, pela Série A do Campeonato Brasileiro
Série A

Acompanhe todos os lances de Sport x Bahia, pela Série A do Campeonato Brasileiro

Com um a mais, Náutico empata com Cruzeiro e garante permanência na Série B
Série B

Com um a mais, Náutico empata com Cruzeiro e garante permanência na Série B