Brasil fica em terceiro no Grand Slam de judô da Rússia

Delegação nacional faturou um ouro, duas pratas e cinco bronzes, ficando atrás apenas de Japão (1º) e Rússia (2º).

Maria Portela foi a única brasileira a ganhar ouro na RússiaMaria Portela foi a única brasileira a ganhar ouro na Rússia - Foto: CBJ/Divulgação

Depois de um sábado com prata e bronze para Érika Miranda e Jéssica Pereira, respectivamente, o judô brasileiro foi ao pódio mais seis vezes neste domingo, 18, e fechou o Grand Slam de Ecaterimburgo, na Rússia, com oito medalhas. O destaque do dia foi o ouro de Maria Portela, no peso médio feminino, que teve dobradinha com o bronze de Barbara Timo, assim como o peso pesado da vice-campeã Maria Suelen Altheman e da medalhista de bronze Beatriz Souza. Mayra Aguiar e Rafael Silva Baby fecharam a lista com mais dois terceiros.

No final, o Brasil ficou com um ouro, duas pratas e cinco bronzes, resultado que deixou o país na terceira colocação geral no quadro de medalhas, atrás apenas de Japão (1º) e Rússia (2º).
 
No feminino, as sete brasileiras inscritas na competição garantiram 100% de aproveitamento. Os sete pódios (um ouro, duas pratas e quatro bronzes) das mulheres colocaram o Brasil em segundo lugar geral no feminino, atrás apenas do Japão (três ouros e dois bronzes). Isso tudo na semana em que o técnico da seleção feminina de judô, professor Mario Tsutsui, foi eleito pelo Comitê Olímpico do Brasil o melhor treinador de 2017 ao lado do técnico da Sogipa, Antonio Carlos Pereira "Kiko".

"Tivemos um resultado excepcional. Não é sempre que isso acontece de todas as meninas subirem ao pódio. Mas, o judô feminino do Brasil tem crescido evoluido e conquistado seu espaço", pontuou Tsutsui. "No conjunto, tivemos um ótimo desempenho, mas temos que ter o pé no chão, porque cada competição é uma história, um outro jogo. Temos que continuar trabalhando, nos dedicando até o Mundial deste ano e, depois, já visando 2020. Competição aqui na Rússia é sempre muito forte. As meninas se prepararam muito bem nos seus clubes e na seleção. Eu gostaria de parabenizar também os técnicos envolvidos com as atletas da seleção, como o Kiko, da Sogipa, o Douglas Vieira, do Pinheiros, todos esses que trabalham em conjunto conosco. Com isso, a gente espera que o nosso judô possa crescer mais e conquistar ainda mais medalhas para o nosso país."

O próximo compromisso da seleção no Circuito Mundial da FIJ será o Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia, no período de 30 de março a 1º de abril. Em seguida, a equipe disputará o Grand Prix de Antalya, na Turquia, de 06 a 08 de abril.

Veja também

São Paulo tem decisão contra Fortaleza de Rogério Ceni
Futebol

São Paulo tem decisão contra Fortaleza de Rogério Ceni

Lewis Hamilton conquista pole position no GP de Portugal
Fórmula 1

Lewis Hamilton conquista pole position no GP de Portugal