A-A+

Jogos Olímpicos

Brasil perde para Israel na repescagem e é eliminado no judô por equipes nas Olimpíadas

País adeus a possibilidade de brigar por uma medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Mayra AguiarMayra Aguiar - Foto: Frank Fife/AFP

A equipe brasileira de judô foi derrotada por Israel nas Olimpíadas de Tóquio-2020, neste sábado (31), no Nippon Budokan, e deu adeus a possibilidade de brigar por uma medalha de bronze. Antes os brasileiros foram superados pelos holandeses.
Na repescagem contra Israel, o Brasil teve três mudanças na equipe em relação a das quartas de final. Daniel Cargnin, Rafael Macedo e Rafael Silva, o Baby, foram substituídos por Eduardo Barbosa, Eduardo Yudy e Rafael Buzacarini, respectivamente.

No primeiro confronto, o paulista Barbosa sofreu três punições, todas por falta de combatividade, diante do israelense Tohar Butbul, e perdeu. Maria Portela igualou o placar geral ao vencer Gili Sharir de ippon por imobilização. Mas Yudy, improvisado na categoria peso pesado, foi superado por Li Kochman. Mayra Aguiar empatou novamente a disputa com ippon em Raz Hershko. Na luta seguinte, Israel, porém, voltou a ficar em vantagem com o ippon de Peter Paltchik sobre Buzacarini. Finalmente, Larissa Pimenta não resistiu a Timna Nelson-Levy, que sacramentou o triunfo israelense.

Antes enfrentar Israel, o Brasil havia perdido para a Holanda também por 4 a 2. Na primeira luta, pela categoria até 57 quilos, Larissa cometeu três advertências e perdeu para a holandesa Sanne Verhagen. Depois foi a vez de Daniel Cargnin, medalhista de bronze na categoria até 73 quilos em Tóquio, medir forças com Tornike Tsjakadoea. A decisão foi para o golden score, o tempo extra, e o gaúcho aplicou wazari. Com o empate por equipe, Portela sofreu ippon de Sanne van Dijke no golden score, e a Holanda passou à frente. Na luta seguinte, Rafael Macedo também levou ippon, de Noel van 't Noel.

Com duas lutas em desvantagens, o Brasil precisaria contar com vitórias de Mayra e Baby, além de ganhar na rodada extra.
A brasileira, medalha de bronze na categoria até 78 quilos, entrou na equipe de última hora para substituir Maria Suelen Altheman (acima de 78 quilos). Mayra cometeu duas infrações no tempo regulamentar diante de Guusje Steenhuis, mas aplicou ippon no golden score. Baby, porém, tomou três advertências contra Henk Grol, e a Holanda foi à semifinal.

 

Veja também

Adversário desta terça, Floresta não venceu o Santa na temporada
Santa Cruz

Adversário desta terça, Floresta não venceu o Santa na temporada

Em jogo de 'seis pontos', Sport recebe o Santos na Arena de Pernambuco
Campeonato Brasileiro

Em jogo de 'seis pontos', Sport recebe o Santos na Arena de Pernambuco