Brasil quebra recorde sul-americano e fica em 4° no 4x100m

Equipe formada por Rodrigo Nascimento, Vitor Hugo dos Santos, Derick Silva e Paulo André por pouco não subiram ao pódio

Brasileiros estabeleceram o novo recorde sul-americano no revezamento 4x100mBrasileiros estabeleceram o novo recorde sul-americano no revezamento 4x100m - Foto: Wagner do Carmo/Cbat

A expectativa para o desempenho da equipe brasileira do revezamento 4x100 era boa e eles corresponderam. O tempo de 37s72 foi o melhor não apenas do Brasil como de toda a América do Sul. A medalha de ouro do revezamento acabou ficando com os Estados Unidos.

"Fizemos essa marca muito boa, a realidade do Brasil hoje é o 4x100m. Vamos melhorar individualmente para trazer bons resultados no 4x100m. Continuem confiando na gente, Tóquio é logo ali", disse Paulo André, em entrevista ao Sportv.

O título ficou com os Estados Unidos com o tempo de 37s10. A prata foi para a Grã-Bretanha, com 37s36 e o bronze para o Japão com 37s43. A África do Sul terminou em quinto, com 37s73.

Leia também:
Mundial de Doha: Revezamento 4x100 masculino está na final
Brasil é campeão mundial do revezamento 4x100 no Japão
Brasil garante final mundial do revezamento 4x100m raso feminino



Veja também

São Paulo goleia o Taboão por 29x0 pelo Paulista feminino
Futebol feminino

São Paulo goleia o Taboão por 29x0 pelo Paulista feminino

Na Ressacada, Sport empata com Avaí no primeiro jogo das oitavas
Copa do Brasil sub-20

Na Ressacada, Sport empata com Avaí no primeiro jogo das oitavas