Eliminatórias

Brasil vence Peru na Arena de Pernambuco e segue 100% nas Eliminatórias

Com gols de Everton Ribeiro e Neymar, Seleção superou o adversário por 2x0 e chegou ao sexto jogo seguido sem sofrer gols no torneio

Everton Ribeiro e Paquetá comemoram gol de Neymar com o camisa 10Everton Ribeiro e Paquetá comemoram gol de Neymar com o camisa 10 - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Era para ter torcida, separada por uma distância de metros dos atletas. Vendo tudo diretamente pelos olhos, sem necessidade de aparelhos. Ao lado de milhares de pessoas. Com muito barulho e abraços. Sem espaços vazios. Deveria, mas não foi. Por conta dos cuidados com a pandemia da Covid-19, o duelo entre Brasil e Peru, nesta quinta (9), na Arena de Pernambuco, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022, foi sem público. De longe, sem a sonhada aglomeração, os torcedores viram o triunfo da Seleção por 2x0. A Canarinho lidera invicta o torneio, com 24 pontos. 

Não era a Vila Belmiro, Camp Nou ou Parque dos Príncipes, estádios que Neymar conhece bem, mas o atacante parecia ser íntimo da Arena de Pernambuco. Movimentando-se  por todos os lados e por dentro, o camisa 10 foi empilhando assistências precisas. Colocou Gerson, Gabigol e Paquetá em frente ao goleiro Gallese. O companheiro que o consagrou, porém, foi Everton Ribeiro. Após roubar bola pela esquerda, o craque do Paris Saint-Germain tocou para o meia empurrar para as redes.

O entrosamento de Gabigol e Everton Ribeiro, ambos do Flamengo, foi a base da construção do segundo gol do Brasil. A tabelinha da dupla, com participação especial de  Danilo, rompeu a marcação peruana. O camisa 9 cruzou, a zaga afastou e Everton pegou de primeira. A bola resvalou em Santamaría e sobrou para Neymar deixar o dele.

No segundo tempo, Gareca consertou a marcação do Peru e o Brasil passou a ter mais dificuldade para acelerar a transição ofensiva. Para retomar a superioridade, Tite mudou o lado direito, sacando Danilo e Everton Ribeiro para as entradas de Daniel Alves e Matheus Cunha, respectivamente.

Sem o mesmo ímpeto da primeira etapa, o Brasil tratou de manter a defesa intacta para chegar ao sexto jogo seguido das Eliminatórias sem sofrer gols - curiosamente, os únicos dois tomados foram justamente no embate ante o Peru, no primeiro turno, na vitória por 4x2.

Ficha técnica

Brasil 2
Weverton; Danilo (Matheus Cunha), Lucas Veríssimo, Éder Militão e Alex Sandro; Casemiro (Bruno Guimarães), Gerson (Edenilson), Everton Ribeiro (Daniel Alves) e Lucas Paquetá; Neymar e Gabigol (Hulk). Técnico: Tite

Peru 0
Gallese; Avíncula, Santamaría (Ramos), Callens e Marcos López; Gonzales, Tapia (Cartagena), Yotún (Costa), Carrillo e Cueva (Flores); Lapadula (Ruidiaz). Técnico: Ricardo Gareca.

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Árbitro: Wilmar Roldan (COL). Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Wilmar Navarro (COL)
VAR: Esteban Ostojich (URU)
Gols: Everton Ribeiros (aos 13 do 1ºT) e Neymar (aos 39 do 2ºT)
Cartões amarelos: Casemiro, Paquetá, Gabigol, Neymar (B); Santamaria, Tapia, Yotun, Costa, Gonzales (P)

Veja também

Palmeiras anuncia fim do vínculo com volante Felipe MeloFutebol

Palmeiras anuncia fim do vínculo com volante Felipe Melo

Hamilton fica com a pole no GP da Arábia SauditaF1

Hamilton fica com a pole no GP da Arábia Saudita