Brocador explica polêmica e diz querer ficar no Sport

Artilheiro do time no Estadual, Hernane Brocador foi expulso pela primeira vez na carreira neste domingo (21)

Atrito entre Suélinton e Hernane gerou confusão generalizada no primeiro tempoAtrito entre Suélinton e Hernane gerou confusão generalizada no primeiro tempo - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Artilheiro do Campeonato Pernambucano 2019, o atacante Hernane Brocador foi expulso aos 11 minutos do primeiro tempo na partida deste domingo (21), no segundo jogo da final contra o Náutico. Após confusão com o zagueiro Suélinton, o rubro-negro revidou e deu um tapa no rosto do alvirrubro, ficando de fora da decisão.

Na comemoração do título, o jogador voltou ao gramado e tentou explicar o que aconteceu no lance. “Uma festa linda, muito feliz pelo título. Era um jogo que eu queria estar até o final, mas o babaca do Suélinton acabou atrapalhando o espetáculo que poderia ser melhor. Nunca fui expulso na minha carreira. Ele vai dar a versão dele e eu vou dar a minha. Teve um pisão no pé dele, a bola resvalou nele, que esperou o lance passar e veio tirar satisfação. Eu disse que o jogo tava só começando, mas ele me deu uma cabeçada. Eu reconheço que não poderia ter revidado. Mas agora ele vai ficar assistindo eu levantar o troféu”, disse o Brocador.

Questionado sobre o seu futuro no Sport, o atacante afirmou que pretende continuar na Ilha do Retiro. Com essa boa fase vivida, o atleta teria propostas de outros clubes para se transferir. “Ainda não é hora de sair. Nos meus planos, eu fico no Sport sim. Não vinha conversando com ninguém porque meu foco estava na final do Estadual. Mas pretendo continuar nesse clube que me abriu as portas”, finalizou.

Veja também

Elenco do Santa Cruz foca na reta final e mantém esperança viva: "Não vamos desistir"
Santa Cruz

Elenco do Santa Cruz foca na reta final e mantém esperança viva: "Não vamos desistir"

Italo Ferreira relata ameaça de bomba em seu voo: 'Que loucura'
Surfe

Italo Ferreira relata ameaça de bomba em seu voo: 'Que loucura'