Náutico

Bruno Becker deixa vice-presidência jurídica do Náutico

Saída ocorreu por divergências na escolha de candidato da situação para a eleição presidencial do clube

Bruno Becker era vice-presidente jurídico do NáuticoBruno Becker era vice-presidente jurídico do Náutico - Foto: Reprodução/Instagram

Por meio de uma nota oficial publicada nas redes sociais, o vice-presidente jurídico do Náutico, Bruno Becker, informou que está deixando o clube. Em conversa com a Folha de Pernambuco,  o advogado indicou que a saída ocorreu por conta de divergências quanto ao processo de escolha do candidato da situação à eleição presidencial do clube, marcada para o dia 5 de dezembro.

Questionado se aceitaria concorrer ao cargo de presidente por uma outra chapa, Becker não negou a possibilidade. "Ninguém é candidato por imposição. Se houver apoio e consenso, e um projeto em  que eu acredite, não descarto", declarou.

Confira a nota oficial sobre a saída:

Hoje encerra-se meu ciclo na Vice-Presidência Jurídica do Náutico, função que muito me honra ter exercido. O sentimento de dever cumprido só não é maior que o desafio e o aprendizado durante esses últimos 22 meses. Agradeço ao Presidente Edno pela confiança e em nome de quem agradeço a todo o corpo diretivo, atletas, comissão técnica e funcionários do Clube. Agradeço também ao Presidente do Conselho Deliberativo, Dr. Alexandre Carneiro, pela indicação e a quem tive a honra de suceder e em nome de quem agradeço a todos os Conselheiros. Agradeço a toda a equipe do departamento jurídico pela dedicação diária, os verdadeiros responsáveis pelo sucesso do departamento.

Por fim, agradeço aos sócios e a torcida do Clube Náutico Capibaribe.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Bruno Becker (@bruno_m_becker)

 

Veja também

Com vitória do Atlético/GO, Sport "seca" Juventude para não ter rebaixamento decretado na terça (30)Futebol

Com vitória do Atlético/GO, Sport "seca" Juventude para não ter rebaixamento decretado na terça (30)

Florentín lamenta ausência de Renato Gaúcho em jogo: "queria olhar na cara como homem"Futebol

Florentín lamenta ausência de Renato Gaúcho em jogo: "queria olhar na cara como homem"