Bryan usa exemplo de superação para confiar no acesso

Lateral-direito ganhou oportunidade após se recuperar de lesão e virou titular com Márcio Goiano

Bryan, ex-lateral do NáuticoBryan, ex-lateral do Náutico - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

As histórias do lateral-direito Bryan e do Náutico possuem uma similaridade em termos de superação na temporada. Jogador e clube começaram a Série C bem abaixo do ideal e, juntos, deram a volta por cima. É inspirado nesse poder de reação que o Timbu mantém a confiança no acesso à Série B.

Assim que chegou ao Náutico, Bryan foi diagnosticado com um problema no músculo psoas, chamado “músculo da alma”, na região da coluna. Recebeu poucas oportunidades com o técnico Roberto Fernandes e quase não foi inscrito na Série C. Sua presença no time titular só aconteceu após a chegada de Márcio Goiano.

"Eu tive um começo de ano muito complicado. Batalhei muito, treinei para estar à disposição. Graças a Deus eu voltei e junto com a equipe tive grandes resultados", afirmou o lateral-direito, que ganhou a posição de Thiago Ennes.

Para encerrar o ano comemorando o acesso à Série B, o Náutico precisará superar o Bragantino, domingo (26), na Arena de Pernambuco, pelas quartas de final da Série C. O jogo de ida terminou 3x1 para os paulistas. O Timbu precisa vencer por no mínimo dois gols de diferença para ao menos levar a decisão para os pênaltis. Um placar mais elástico dará a vaga diretamente para os alvirrubros.

Leia também:
Torcida e Arena são armas do Náutico para o acesso
Náutico marca treino aberto nos Aflitos

Veja também

Chateado, Martelotte se desculpa com o torcedor e lamenta permanência na série C
Santa Cruz

Chateado, Martelotte se desculpa com o torcedor e lamenta permanência na série C

Gestão Constantino Júnior fecha ciclo sem conquistas
Futebol

Gestão Constantino Júnior fecha ciclo sem conquistas