Futebol

Bryan valoriza trabalho da preparação física no Náutico

Timbu tem chamado atenção pelo bom condicionamento dos atletas na Série B 2021

Bryan, lateral do NáuticoBryan, lateral do Náutico - Foto: Tiago Caldas/CNC

Cena comum em todos os jogos do Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro 2021: time marcando alto e fazendo pressão do início ao fim. Não só com os atletas do setor defensivo, mas também com os homens da frente. Intensidade, velocidade e muita disposição. O preparo físico dos alvirrubros é um dos segredos para o aproveitamento de 100% até o momento na Segundona.

“Seguimos uma linha de trabalho forte com a preparação física. Desde o ano passado, por estamos jogando juntos também, isso faz a diferença. A gente já se conhece. Claro que o professor exige uma intensidade alta e procuramos colocar em prática isso”, afirmou o lateral-direito Bryan.

Contra o Vila Nova, na vitória por 2x0, o técnico Hélio dos Anjos indicou que o Náutico teve o maior volume de intensidade nos jogos disputados na competição. “O comportamento dos jogadores no aspecto tático, com marcação alta, só acontece porque nosso time está muito bem preparado fisicamente", apontou o treinador. 

Manter o nível alto de intensidade é o que o Náutico deseja para o jogo de domingo (20), contra o Botafogo, nos Aflitos, pela quinta rodada da competição. “Sabemos da força de todas as equipes da Série B. É uma das competições mais difíceis por conta da competitividade. Temos de mostrar nosso futebol, jogando da mesma forma, independente do adversário. Vamos jogar em casa e temos de nos impor”, apontou o lateral.

 

Veja também

Segundo fim de semana olímpico gera expectativa por mais medalhas
Jogos Olímpicos

Segundo fim de semana olímpico gera expectativa por mais medalhas

Judô brasileiro registra em Tóquio o pior desempenho desde 2004 em Olimpíadas
Jogos Olímpicos

Judô brasileiro registra em Tóquio o pior desempenho desde 2004 em Olimpíadas