Cálculos para o G4: Santa Cruz planeja 11 pontos a cada cinco jogos

Com o primeiro turno da Série B perto do fim, o técnico Givanildo Oliveira estabelece pontuação para chegar ao acesso

Givanildo Oliveira conversando com os jogadoresGivanildo Oliveira conversando com os jogadores - Foto: Santa Cruz/Divulgalção

A quatro rodadas do fim do primeiro turno, a briga é acirrada na classificação do Campeonato Brasileiro da Série B. A diferença dos três primeiros colocados, Guarani, Juventude e América/MG, respectivamente, para o Santa Cruz, que o 9º lugar, é de apenas cinco pontos. Com a disputa parelha, o técnico Givanildo Oliveira estabelece uma meta para alcançar o G4: somar 11 pontos a cada cinco rodadas disputadas.

Invicto à frente do comando, com duas vitórias e dois empates, o treinador projeta uma vitória diante do Boa Esporte/MG, nesta sexta-feira (21), na Arena de Pernambuco, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, para atingir a pontuação planejada.

“Se ganharmos (a partida), chegaremos aos 11 pontos em cinco jogos disputados. É um número bom e que está dentro do planejado, que bate com os cálculos que precisamos. Mas ainda falta muito campeonato. Não terminou nem o primeiro turno ainda. Estamos a cinco pontos do líder e não tem nada garantido”, comentou.

Levando em consideração as dez últimas edições da Série B, o Santa Cruz precisa de 41 pontos dos 69 em disputa para conquistar o acesso à elite do futebol brasileiro. A média de pontos para chegar à maior divisão nacional é de 63. Ou seja, o clube tem que atingir um aproveitamento de 59,4% nas 23 rodadas restantes.

Veja também

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina
Rugby

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival
Campeonato Brasileiro

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival