Futebol

Camutanga alerta para cuidados com a bola parada

Náutico sofreu dois gols desta forma diante do Avaí, na derrota por 3x1, na estreia da Série B 2020

Camutanga, zagueiro do NáuticoCamutanga, zagueiro do Náutico - Foto: Caio Falcão/CNC/Divulgação

Diante do Avaí, na derrota por 3x1, em jogo válido pela estreia da Série B do Campeonato Brasileiro, o Náutico sofreu dois gols de bola parada. Fundamento que já foi um dos problemas do clube na Série C do ano passado. Por isso, o zagueiro Camutanga alertou para os cuidados que o Timbu deve ter para não viver o mesmo mal no duelo ante o Operário/PR, nesta terça (11), nos Aflitos, pela segunda rodada da competição.

“O professor tem pouco tempo para trabalhar bola parada porque temos um jogo em cima do outro. Estávamos mal no ano passado nesse ponto, mas ele tinha mais tempo para trabalhar isso porque as partidas era somente no fim de semana. Tenho certeza que vamos ajustar os erros para crescer na competição”, afirmou, elogiando o adversário paranaense. “Operário vem em uma crescente grande nos últimos anos. Subiu da D para C e depois para B. Estreou bem e será um grande difícil para gente. Vamos jogar em casa e precisamos buscar o resultado. Não tem partida fácil na Série B”, completou.

Após dez meses sem jogar, por conta de uma lesão no joelho, Camutanga contou como foi a sensação de voltar a pisar no gramado e qual a expectativa para jogar nos Aflitos, desta vez sem torcida, por conta dos protocolos de saúde envolvendo o combate à pandemia do novo coronavírus. 

“Não estreamos bem, mas não tem nada perdido. Foi apenas o primeiro jogo e precisamos melhorar. Eu estava ansioso pelo retorno, mas joguei os 90 minutos, algo que achava não conseguir. Não foi a volta que eu esperava por conta do resultado, mas o prazo para lamentar a derrota é curto. Precisamos fazer um grande jogo diante do Operário para conseguir os três pontos”, declarou.

“Somos fortes jogando com a torcida porque ela pressiona muito nos Aflitos. Fomos fortes na Série C por conta dela, mas não podemos usar isso como justifica para vitória ou derrota. Todos vão jogar sem torcida no campeonato. Série B é um campeonato de regularidade e precisamos da vitória nos Aflitos”, finalizou.

 

 

 

Veja também

Neymar é 4º e fica fora de prêmio por melhor da Uefa
Futebol

Neymar é 4º e fica fora de prêmio por melhor da Uefa

Com liberação prevista, DM do Santa atualiza situação de lesionados
Santa Cruz

Com liberação prevista, DM do Santa atualiza situação de lesionados