Futebol

Camutanga avalia mudanças na zaga, mas cita que não se vê "intocável" na defesa

Zagueiro foi titular absoluto na temporada anterior, tendo feito dupla que diversos defensores ao longo de 2021

CamutangaCamutanga - Foto: Tiago Caldas

Rafael Ribeiro. Carlão. Wagner Leonardo. Yago. Todos esses jogadores já foram parceiros de Camutanga na zaga do Náutico. Em comum, o fato também de que todos tentaram se firmar em um setor que tinha justamente o defensor como um dos pilares. Peça quase intocável no time do técnico Hélio dos Anjos. Para 2022, além da dupla de pratas da casa, o Timbu terá Wellington e João Paulo como alternativas. Wagner e Yago deixaram a equipe. Ainda assim, Camutanga mantém o discurso cauteloso e não prega titularidade no início da temporada.

“Eu não tenho cadeira cativa no clube. Preciso buscar espaço a cada dia. Tenho de trabalhar porque há outros quatro zagueiros que também buscam posição”, afirmou o zagueiro. Camutanga é o jogador há mais tempo no elenco atual do Náutico, tendo participado das últimas quatro temporadas, com dois títulos estaduais e um da Série C do Campeonato Brasileiro.

Sobre a alta rotatividade no setor, com diversos nomes formando parceria com ele, Camutanga destacou que as mudanças não prejudicaram, mas não esconde que torce por uma sequência de uma dupla fixa.

“Não interfere (mudanças na zaga), mas sempre é bom alguém que se firme ali comigo. Já vi grandes duplas de zaga aqui com vários jogadores. Estamos nos conhecendo melhor (com João Paulo e Wellington), mas também tem Carlão e Rafael, que conheço bem”, apontou. 

 

Veja também

Brasileiros atingem top 6 no Mundial Paralímpico de esportes na neveMundial

Brasileiros atingem top 6 no Mundial Paralímpico de esportes na neve

Santos Dumont receberá pela primeira vez o Troféu José FinkelNatação

Santos Dumont receberá pela primeira vez o Troféu José Finkel