Camutanga é recebido com carreata em cidade natal

Zagueiro foi pego de surpresa por conterrâneos após acesso à Série B, conquistado diante do Paysandu

Camutanga, zagueiro do Náutico Camutanga, zagueiro do Náutico  - Foto: Léo Lemos/Náutico

Com pouco menos de 10 mil habitantes, segundo último censo, a cidade de Camutanga, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, “parou” para receber um de seus mais ilustres cidadãos: o zagueiro Claydson. Não conhece? Esse é...Camutanga, defensor do Náutico que carrega com orgulho o nome do município. Após o acesso pelo Náutico, conquistado no último domingo (8), nos Aflitos, diante do Paysandu, o jogador foi recebido com uma carreata em sua cidade natal.

“Fui pego de surpresa. Não sabia que isso aconteceria. Já tinha tido outra quando nós fomos campeões pernambucanos. A gente que organizou, mas essa de agora foi em cima da hora. O pessoal soube que eu estava na cidade e foram me chamar. Isso traz muita alegria para mim. Foi importante até para tirar um pouco do peso do jogo. Ainda não estava acreditando que nós tínhamos conseguido o acesso”, afirmou o zagueiro.

Camutanga não marcou gols contra o Paysandu, mas teve um lance na partida que os alvirrubros celebraram quase da mesma forma que uma bola na rede. Quando o jogo ainda estava 1x0 para o Papão, no final do primeiro tempo, o zagueiro salvou uma bola em cima da linha, depois de Nicolas driblar Jefferson.

“Ali foi meu gol. Quando eu vi o drible em Jefferson, eu fui correr por trás dele. Estava 1x0 para o Paysandu e nem pude comemorar muito na hora até pelo resultado. Depois eu vi que foi importante”, relembrou. Mesmo que o corte seja considerado um “gol de zagueiro”, Camutanga quer também deixar sua marca literalmente.

“De todos os zagueiros, eu fui o único que ainda não fiz gol. Espero fazer ainda. Meus familiares cobram direto. Minha mãe não entende muito, mas fica dizendo: ‘chute em gol’. Mas como eu vou chutar lá de trás? Eu peço calma. Perdi um gol quando a partida estava 2x1. O último foi contra o Cordino (Copa do Brasil 2018), faz muito tempo”, brincou.

Leia também:
Náutico pode ter até sete desfalques contra o Juventude
[Vídeo] Confira bastidores do acesso do Náutico

Veja também

Atleta da seleção é criticada após fala preconceituosa sobre Paulo Gustavo
Futebol

Atleta da seleção é criticada após fala preconceituosa sobre Paulo Gustavo

Acompanhe todos os detalhes do Clássico das Emoções, válido pela fase semifinal do Pernambucano
Decisão

Acompanhe todos os detalhes do Clássico das Emoções, válido pela fase semifinal do Pernambucano