Sport

Candidato à presidência do Sport, Nelo Campos fala sobre projetos para o clube

Ex-diretor do clube prometeu transparência para a torcida, renovação e investimento alto na base leonina

Nelo Campos, ex-diretor de futebol do SportNelo Campos, ex-diretor de futebol do Sport - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Diretor de futebol do Sport até março deste ano, Nelo Campos será candidato nas eleições do clube, no dia 18 de dezembro. O nome do ex-dirigente ganhou força nos bastidores da Ilha e em entrevista à Folha de Pernambuco, Nelo falou sobre os projetos que tem para a instituição da Praça da Bandeira para o próximo biênio. 

"Primeiro gostaria de falar que não estou só, estamos com um grupo. Temos um projeto com vários pilares. Os pilares mais fortes são investimentos no futebol, manter a austeridade na parte fiscal e finaceira, investimento na categoria de base. Acredito que quando o Sport foi mais forte, foi quando teve uma base forte, e por isso estamos com um investimento pesado. Além disso, faremos uma grande reforma no patrimônio, um investimento. Então, temos muita coisa para fazer, uma grande renvação na gestão do Sport, com pessoas que vivem o Sport e conhecem o clube", detalhou.

Os nomes para vice do Executivo e também para comandar o Conselho Deliberativo ainda não foram divulgados. Porém, de acordo com Nelo, um grupo de 28 rubro-negros mantém contato diariamente para avaliar possíveis nomes para formar a chapa. 

Apostando na renovação em vários setores do clube, o candidato ao pleito afirmou que o torcedor rubro-negro pode esperar transparência em tudo que envolve o Sport, caso sua chapa seja a vencedora no próximo dia 18. 

"Vem muita coisa, inclusive temos um setor só de inovação, vem muita coisa boa nessa parte. Estamos preparando, mas como minha decisão final só saiu no domingo, precisamos de um pouco de tempo para apresentar as coisas e divulgar tudo para o torcedor ter a clareza e transparência para saber de tudo. O torcedor pode ter certeza que o máximo de transparencia irá acontecer na gestão. Essa comunicação entre Sport e torcida nunca vai deixar de existir. Lógico, tem coisas que há o limite, mas o torcedor, por exemplo, vai saber quanto é a folha de futebol do clube, mas não quanto ganha A, B ou C, até porque não pode. Entretanto, no resto, será de transparência a forma operacional, as folhas de jogadores e funcionários, e outras coisas", explicou . 

Sobre os projetos para a categoria de base, Nelo afirmou que o investimento será grande para que o clube possa contar com um bom número de atletas criados na Ilha atuando no futebol profissional. De acordo com ele, os jovens, principalmente das categorias superiores, têm que chegar "prontos" ao Leão. 

"O investimento na base temos que preparar ele lá embaixo. O jogador tem que chegar no profissional pronto, confiante. Não querendo criticar, até porque participei da atual gestão, mas teve jogador que chegou abaixo e com a gente ganhou 2kg. Não é o correto, sabíamos dessa deficiência e vamos investir fortes para que ele chegue pronto, e não para aprontarmos ele para jogar. Tem que estar pronto fisiciamente, tecnicamente e psicologicamente.", falou.

De olho no planejamento, caso vença as eleições, o candidato falou sobre a atual fase do time na Série A e se colocou à disposição da atual diretoria para ajudar no necessário para que a equipe alcance os objetivos traçados na competição nacional. 

"Independente de quem assuma, somos todos Sport. Nós somos Sport, temos que trabalhar todos em conjunto, oferecer a nossa ajuda ao presidente, ao departamento de futebol para que possamos atingir os 45 pontos. Desde já, me coloco à disposição e também espero que todos façam isso. Temos que dar força, tranquilidade, bons pensamentos, vamos acreditar... Temos um elenco guerreiro, de caráter, conheço a maioria dos jogadores, têm responsabilidade, identidade e sabem dos objetivos. Tenho a confiança que vamos alcançar a meta", mostrou-se otimista.

Com o Campeonato Brasileiro terminando apenas em fevereiro, quem vencer o pleito assume o clube no início de 2021. Segundo Nelo, sua ideia é fazer a transição sem fazer grandes mudanças em um primeiro momento nas pessoas que estão no clube. "Temos a ideia de fazer a transição aproveitando as pessoas que estão lá, que são nossos amigos. Não temos nada contra, pelo contrário. Poucas vezes o Sport teve uma eleição no meio da competição e acho que temos que ter essa responsabilidade com o clube que amamos ao fazer essa transição", relatou.

Com o nome ligado à uma possível aliança com João Humberto Martorelli e Arnaldo Barros, Nelo deixou claro que os ex-presidentes não fazem parte de sua equipe e que cada vez que uma mentira sobre sua chapa for divulgada, ele vai apresentar um projeto para o clube. 

Veja também

Santa empata em 2x2 com o Itabaiana/SE pela pré-Copa do Nordeste
Futebol

Santa Cruz empata em 2x2 com o Itabaiana/SE

Palmeiras empata, e Santos perde antes de final da Libertadores
Campeonato Brasileiro

Palmeiras empata, e Santos perde antes de final da Libertadores