Futebol

Catarinense é suspenso por 14 dias após polêmica com atletas infectados

A decisão, segundo a federação, foi tomada após uma reunião com autoridades do governo estadual, dirigentes e médicos dos clubes

Roberto, jogador da ChapecoenseRoberto, jogador da Chapecoense - Foto: Reprodução/Instagram

Em meio à polêmica envolvendo jogadores que atuaram mesmo infectados pelo novo coronavírus, a FCF (Federação Catarinense de Futebol) decidiu suspender o seu campeonato estadual por 14 dias. Até então, os jogos das quartas de final do torneio haviam sido apenas adiados, e o jogo que vale a luta contra o rebaixamento estava marcado para esta terça-feira (14) –fato que gerou revolta no Tubarão, time mandante, que não poderia atuar em seu estádio.

A decisão, segundo a federação, foi tomada após uma reunião com autoridades do governo estadual, dirigentes e médicos dos clubes, além de entidades representantes dos clubes e dos atletas. O torneio, que teve apenas uma rodada disputada desde o reinício após quatro meses, ficará paralisado para que "medidas necessárias sejam determinadas e adotadas e a retomada aconteça da melhor forma possível".

Uma nova reunião para que "mais detalhes sejam alinhados" está prevista para acontecer nesta terça.

Veja também

Organizadores confirmam realização da Maratona de Londres apenas com elite
Futebol

Organizadores confirmam realização da Maratona de Londres apenas com elite

Times vetam cinco substituições para próxima temporada do Campeonato Inglês
Futebol

Times vetam cinco substituições para próxima temporada do Campeonato Inglês