A-A+

Cautela é a palavra de ordem no Náutico

Segundo o vice-presidente Diógenes Braga, paciência faz parte do planejamento

Diógenes Braga, vice-presidente do NáuticoDiógenes Braga, vice-presidente do Náutico - Foto: Renan Marques/Confut Nordeste

Paciência é a palavra de ordem no Náutico. Até o momento, o clube anunciou a contratação de sete atletas para a temporada 2020. Menos do que outras equipes - o Santa Cruz, por exemplo, já passou dos dois dígitos de reforços. De acordo com o vice-presidente do clube, Diógenes Braga, a cautela faz parte do planejamento do Timbu. Diminuir na velocidade para acertar na qualidade.

“Estamos indo com calma. Usamos ao nosso favor o calendário da Série C. É ruim não jogar, mas podemos nos preparar mais cedo, tendo mais calma no mercado. Quando você contrata menos, você tem mais cuidado. Se tivéssemos pressa, nós teríamos perdido a oportunidade de fechar com Erick. Precisamos achar a peça certa, mesmo que isso signifique esperar um pouco”, afirmou.

Nos planos do Náutico ainda constam a contratação de um segundo volante e um atacante. Porém, o dirigente destacou que o clube também tem observado alguns pratas da casa no setor. Atletas como Rhaldney, Wagninho, Lucas Paraíba e Wanderson devem receber oportunidades no início da temporada 2020. O Timbu contratou até o momento o goleiro Marcão, o lateral-direito Bryan, o zagueiro Ronaldo Alves, o volante Luanderson e os atacantes Guillermo Paiva, Salatiel e Erick.

Leia também:
Dal Pozzo elogia Erick e diz que Náutico segue atento ao mercado
Náutico aposta em velhos conhecidos para 2020

Veja também

Última partida do Santa Cruz pela Série C será disputada na Arena de Pernambuco
FUTEBOL

Última partida do Santa Cruz pela Série C será disputada na Arena de Pernambuco

Em duelo de leões, Sport possui invencibilidade como mandante diante do Fortaleza
Sport

Em duelo de leões, Sport possui invencibilidade como mandante diante do Fortaleza