Cavani segue desfalcando PSG e Tuchel pede paciência

Atacante uruguaio continuará fora da equipe e Mauro Icardi deve assumir a titularidade no ataque mais uma vez

Cavani, atacante do PSGCavani, atacante do PSG - Foto: Anne-Christine POUJOULAT / AFP

O atacante uruguaio Edinson Cavani não jogará pelo PSG na partida de terça-feira (1) contra o Galatasaray, pela Liga dos Campeões. O técnico do clube parisiense, Thomas Tuchel, pediu "um pouco de paciência" com o jogador, que se recupera de lesão há várias semanas.

"No domingo ele treinou sem dor com a gente, mas ainda não se move livremente nem mentalmente, quando tem que acelerar, chutar ou girar. Ele ainda precisa de tempo, por isso não viajou com o grupo a Istambul", explicou o técnico alemão.

O treinador do PSG também não poderá contar com Neymar, que cumpre a última partida de suspensão. Assim, o argentino Mauro Icardi, reforço do clube para esta temporada, deverá ganhar uma oportunidade no ataque caso tenha condições físicas.

Leia também:
Edinson Cavani diz que gostaria de jogar a Libertadores
Neymar volta a ser decisivo na vitória do PSG sobre o Bordeaux
Cavani marca no fim, Uruguai vence o Chile e avança em primeiro
Neymar e Paris Saint-Germain tentam reconstruir relação


A única certeza é que Kylian Mbappé, outro que se recupera de lesão, entrará em campo contra os turcos. "É complicado, mas encontraremos uma solução. Kylian está em condições de jogar, mas não os 90 minutos. Ele iniciará ou terminará o jogo. Tomaremos a decisão depois do treino", concluiu Tuchel.

O PSG buscará a vitória em Istambul para se manter na liderança do grupo A da Champions, no qual estreou com uma contundente vitória por 3x0 sobre o Real Madrid.

Veja também

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time
Liga dos Campeões

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time

Após ganhar fôlego, Corinthians busca novo salto no Brasileiro
Futebol

Após ganhar fôlego, Corinthians busca novo salto no Brasileiro