A-A+

CBF trocará empresa de venda de ingressos de amistoso

Venda para Brasil x Qatar tinha a participação da empresa do ex-jogador Roni, acusado de fraude em borderôs

Tite dá orientações em treino da Seleção BrasileiroTite dá orientações em treino da Seleção Brasileiro - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A CBF tirou do ar a venda de ingressos para o amistoso entre Brasil e Qatar, no próximo dia 5, em Brasília, e irá trocar a empresa responsável pelo serviço. A comercialização vinha sendo realizada pelo site Meu Bilhete, parte da empresa Roni7, do ex-jogador Roni, preso no sábado passado (25) por suspeita de fraude em borderôs de partidas disputadas na capital brasileira.

A Meu Bilhete havia vencido uma concorrência na CBF com outras sete empresas, tendo oferecido os melhores valores. Agora, a entidade definirá uma nova empresa, assim como divulgar o procedimento a ser adotado por quem já adquiriu os ingressos.

Roni foi preso em um dos camarotes do estádio Mané Garrincha, instantes antes da partida entre Palmeiras e Botafogo. A Polícia Civil o acusa de inserir dados falsos nos borderôs das partidas, informando arrecadação inferior à obtida de fato. O ex-jogador foi liberado para responder ao processo em liberdade no domingo (26). Em nota oficial, se disse tranquilo e afirmou que acredita na Justiça do Brasil.

Confira a nota na íntegra:

"Venho por meio desta nota oficial manifestar minha total tranquilidade em relação às notícias dos últimos dias. Em toda a minha vida (profissional e pessoal), sempre pautei minhas ações com base na ética e na correção de caráter. Não tenho dúvidas de que todos as medidas necessárias serão tomadas para que a compreensão dos fatos seja feita de maneira íntegra e nítida. Nunca precisei agir de maneira desonesta em minha vida profissional. Meus êxitos do passado e presente são resultados de uma postura idônea e coerente com a minha linha de pensamento.
Agradeço imensamente as manifestações de apoio e suporte que recebi após o ocorrido. Tenho certeza de que essas pessoas conhecem minha índole e se manifestaram porque acreditam no meu caráter.
Fico à disposição para esclarecimentos outros que se fizerem necessários. Confio na Justiça do meu País.
Sem mais,
Roni Pereira Santos"

Veja também

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra
Futebol

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves
Futebol

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves