Futebol Europeu

Ceferin, presidente da Uefa, considera projeto da Superliga europeia "totalmente sem sentido"

Líder da entidade europeia considera a ideia desconectada da realidade

Aleksander Ceferin, presidente da UEFAAleksander Ceferin, presidente da UEFA - Foto: Richard Juilliart/ AFP/ UEFA

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, fez duras críticas, na última quinta-feira (03), ao projeto da Superliga Europeia, ainda apoiada por três clubes, Real Madrid, Barcelona e Juventus, cujos dirigentes, segundo ele, estariam desconectados da realidade. 

"Em primeiro lugar, lançaram essa ideia sem sentido em plena pandemia", disse o dirigente do futebol europeu durante um fórum organizado pelo jornal Financial Times, sobre o projeto da liga privada anunciado em abril por vários clubes europeus. 

"Agora, lemos artigos todos os dias indicando que eles planejam lançar outra ideia no meio da guerra (na Ucrânia). Eles claramente vivem em um mundo paralelo", criticou o presidente da Uefa da sede da organização em Nyon (Suíça).

"Enquanto salvamos jogadores, junto com outros agentes, e oferecemos nossa ajuda em uma situação terrível, eles trabalham em um projeto assim. (...) É um disparate total e todos sabem disso, menos eles", criticou.

Dos doze clubes que anunciaram em abril sua disposição de criar a Superliga, uma liga dissidente privada que reuniria os grandes clubes europeus, nove foram rápidos em recuar sob pressão de seus próprios jogadores e torcedores, assim como de governos e dos órgãos dirigentes do futebol. 

O presidente da LaLiga espanhola, Javier Tebas, foi muito veemente em sua crítica aos três defensores da Superliga europeia: "Toda vez que ouço uma comunicação desses clubes, fico irritado. Eles realmente mentem mais do que Putin", disse ele de acordo com a tradução de um intérprete.

"Entre todas as ligas nacionais, devemos ser estúpidos. Todos somos unânimes em dizer que a Superliga prejudica as ligas nacionais. Mas esses três dizem não, não, que não devemos nos preocupar. Para mim, é um insulto. Eles fazem muito estrago", sentenciou.

Veja também

Pogba, da Juventus, é suspenso por quatro anos por doping na Itália
Suspensão

Pogba, da Juventus, é suspenso por quatro anos por doping na Itália

Ricciardo surpreende e lidera 1º treino livre da Fórmula 1 em 2024
Fórmula 1

Ricciardo surpreende e lidera 1º treino livre da Fórmula 1 em 2024