ROBINHO

Cela de 8m², horta e competição de futebol: como é a vida na penitenciária onde Robinho está

Ex-jogador condenado por estupro deixou isolamento nesta segunda-feira, podendo participar de atividades coletivas na prisão

RobinhoRobinho - Foto: MacNicol/AFP/Getty Images

Chegou ao fim neste domingo de Páscoa o período previsto de isolamento do ex-jogador Robinho na Penitenciária Dr. José Augusto Salgado, na cidade de Tremembé, interior paulista.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo, o ex-jogador, condenado pelo estupro de uma jovem na Itália, deixou o período de adaptação nesta segunda-feira, passando para uma cela compartilhada, podendo ter contato com outros presos em situações como banho de sol, atividades de reintegração e até competições de futebol.

Além do contato com os demais detentos, está previsto que Robinho possa passar a receber visitas de familiares. No presídio, o ex-jogador passou por todos os procedimentos comuns aos demais, agora também podendo comparecer às mesmas atividades.

Como é a penitenciária de Tremembé
De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, ao Globo, o complexo penitenciário de Tremembé é equipado com campos de futebol — onde ocorrem campeonatos entre equipes de detentos —, biblioteca, salão para jogos, como xadrez, igreja ecumênica e uma horta. As visitas acontecem aos sábados e domingos. Localizado a 130 quilômetros de distância da capital paulista, o local foi o escolhido pela Justiça Federal de Santos, para receber o ex-jogador.

 

A Penitenciária Doutor José Augusto César Salgado, nome oficial, é conhecida pela galeria de detentos "famosos" que já passaram por lá, como Alexandre Nardoni, os irmãos Cravinhos, Roger Abdelmassih, Mizael Bispo, Marcos Valério, entre outros. O P-II de Tremembé, como também é conhecido, fica numa região isolada do município, com muita vegetação em volta.

Inaugurada em 1955, a unidade não recebe membros de facções desde o início dos anos 2000 e tem capacidade para pouco mais de 400 presos. Em 2022, segundo a revista Veja, as celas, que variam de 8 a 15 metros quadrados (com capacidade para até seis pessoas), eram ocupadas por 296 detentos. A maioria deles com ensino médio e superior e cumprindo regime fechado ou semiaberto.

Robinho cumpre pena de nove anos em regime fechado por estupro coletivo, em um caso ocorrido em 2013 na Itália.

Na Europa, o atleta foi condenado em todas as instâncias, e a Justiça italiana pediu ao Brasil que a pena fosse homologada. No dia 20 de março, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, por nove votos a favor contra quatro, pela transferência da sentença, que passou a ser cumprida em território nacional. A defesa do ex-jogador recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja também

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota
Tênis

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira
Náutico

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira

Newsletter