Chape pede saída do Nacional da Libertadores após ofensas

Pedido foi feito por conta dos gestos ofensivos de torcedores, em alusão ao acidente aéreo de 2016

Torcedor da Chapecoense acompanha partida na Arena CondáTorcedor da Chapecoense acompanha partida na Arena Condá - Foto: Sirli Freitas/Divulgação

A Chapecoense entrou com uma representação na Conmebol contra o Nacional-URU nesta sexta-feira (2) por conta dos gestos ofensivos de torcedores uruguaios, em alusão ao acidente aéreo ocorrido em 2016, durante partida da última quarta-feira, pela Taça Libertadores. No documento, os catarinenses pedem a exclusão do time uruguaio da competição internacional.

Leia também:
Nacional expulsa torcedor que ironizou acidente da Chapecoense
Nacional se diz "envergonhado" por provocações à Chape

O clube alviverde se apega ao artigo 33, item 2, do regulamento da principal competição sul-americana para pedir a expulsão do Nacional. A Chapecoense exige um julgamento antes do jogo da volta da segunda fase preliminar da Libertadores, marcado para o dia 7, em Montevidéu.

Na partida em que o torcedor ironizou as 71 vítimas da tragédia na Colômbia, o Nacional levou a melhor no gramado ao bater os catarinenses por 1 a 0. Basta um empate para os uruguaios avançarem de fase na Libertadores.

Quem passar disputa contra Banfield-ARG ou Independiente Del Valle-EQU uma vaga na fase de grupos do torneio.

Enquanto a Chapecoense adotou uma postura ofensiva nesta questão, pedindo a exclusão dos uruguaios, o Nacional tomou atitudes para amenizar uma possível punição da Conmebol.

O clube decidiu expulsar o torcedor que imitou a queda de um avião e se disse "envergonhado" com o ato.

Confira o comunicado oficial da Chapecoense:

"A Associação Chapecoense de Futebol, tendo em vista os episódios lamentáveis, proporcionados por torcedores do Club Nacional de Football, na última quarta-feira, pela segunda fase da Conmebol Libertadores em Chapecó, encaminhará à CONMEBOL um pedido de intervenção de terceiro, a ser apresentado junto a Unidade Disciplinar da Confederação.

O pedido está baseado no artigo 33, item 2, do regulamento geral de competições da Conmebol e solicita, em preliminar, que o julgamento ocorra antes do dia 7 ou que se adie o jogo para que somente seja realizado após o julgamento.

A Associação Chapecoense de Futebol pede, no mérito, que o Club Nacional de Football seja excluído da Conmebol Libertadores, com base nos artigos 8 e 14, do mesmo regulamento."

Veja também

Geraldão recebe primeira final após reforma
Esportes

Geraldão recebe primeira final após reforma

Liverpool em campo, Série C e prova final da Fórmula Indy são destaques no DAZN
Agenda

Liverpool em campo, Série C e prova final da Fórmula Indy são destaques no DAZN